Agricultores e lideranças de Barra de Santana discutem segurança com secretário Claudio Lima




unnamedRepresentações de agricultores e produtores rurais, das igrejas cristãs do município, do comércio da cidade e campo, Conselho Tutelar, CUT-PB, deputado estadual Frei Anastácio e sua assessoria de gabinete participaram de audiência com o secretário da Segurança e da Defesa Social do governo da Paraíba, Cláudio Lima, em evento que aconteceu no último dia 22 de junho, tendo como local a sala daquele secretário governamental, em João Pessoa, capital paraibana.O tema foi evidenciado e compartilhado com o público ouvinte da Rádio Queimadas FM e Rádio Serrana de Araruna AM via Programa Esperança no Campo e Programa Domingo Rural no último final de semana quando participaram de entrevistas o secretário Cláudio Lima, o deputado Frei Anastácio(PT), o presidente do Conselho Tutelar de Barra de Santana, José Alves da Silva Campos; pastor evangélico José Cabral de Oliveira; padre Ednaldo Gomes da Silva e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santana, Paulo Medeiros Barreto falando sobre a realidade enfrentada naquele município e as novas perspectivas diante das negociações com o secretário governamental.

“Foi muito bom o encontro, o secretário olhou no olho de cada da gente, deu a resposta que a gente precisava realmente escutar, estamos levando pra Barra de Santana melhoria na área de segurança, melhorias na área de apoio da Polícia Civil e da Polícia Militar. Ele nos indagou algumas posições onde a gente também colocou as nossas, sabemos que o secretário não conhece a extensão de Barra de Santana, mas conhece a necessidade do município e ele já tem algumas informações de Barra de Santana, elogiamos a promessa de policiamento para o município, não é 100%, ainda, mas estamos melhorando, lutaremos para que uma delegacia venha permanecer aberta todos os dias com a polícia fazendo o seu trabalho”, explica o presidente do Conselho Tutelar, José Alves.

O representante das igrejas evangélicas daquele município, Pastor José Cabral, disse perceber algo diferente no município a partir da mobilização empreendida pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais e parceiras, citando como exemplo a participação das representações dialogando política de segurança pública com o chefe da pasta governamental, Cláudio Lima. “Uma coisa boa é que ele nos diz promessa de que não vai tirar o efetivo de Barra o que vai proporcionar tranquilidade que não tinha e a união das pessoas como sindicato, igrejas, você jornalista, comerciante, Conselho Tutelar mostrando mais uma vez que não é politicagem, é a força do povo pra trazer benefício para a nossa cidade”, comemora relembrando a assembleia do dia 22 de maio no sindicato dos rurais como importante instrumento motivador do conjunto das ações e realizações que estão se iniciando naquela municipalidade. “Nenhum sabia do que o outro estava sofrendo, quando a gente se reúne e cada um expõe seu problema é que a gente começa a unificar o nosso sofrimento e buscar uma solução para ajudar nosso povo, por isso que a gente tem que se unir, a gente tem que se organizar para criar os mecanismos para que juntos possa dialogar com a sociedade e, dentro desse comitê que fica sugerido, trazer ações dos órgãos públicos e mostrar o que a gente precisa para a nossa cidade”.

Padre Edinaldo disse avaliar como ações positivas com visíveis resultados apresentados já a curto prazo dentro daquele município, já que a comunidade se organizou na pedida de socorro por parte do Governo do Estado e diz perceber que o governo inicia sua resposta de forma imediata, mas espera que sejam ações permanentes na vida daquela cidade caririzeira. “Com aquela assembleia no sindicato foi esclarecido para toda a comunidade o que de fato estava acontecendo, a comunidade estava sem esperança, ela até pensava que isso era algo normal, comum e que não tinha ninguém que pudesse fazer algo por eles, então na medida em que nos reunimos mostrando a realidade e houve uma resposta onde estamos tendo agora a presença do policiamento intimidando tal realidade, fez com que a esperança do povo voltasse e assim nós possamos acreditar que é possível a cada dia dar um passo novo diante dessa realidade tão cruel que está envolvendo toda aquela região”.

Presença marcante na assembleia do STR em Barra, difusor da realidade caótica na tribuna da Assembleia Legislativa, articulador da audiência junto ao secretário e presença no encontro da Segurança e da Defesa Social, deputado Frei Anastácio disse sair do encontro com a sensação do dever cumprido como representante da comunidade na Assembleia Legislativa e aproveitou para dizer que o encontro superou as expectativas já que o secretário da pasta, Cláudio Lima, foi bastante receptivo e atencioso com a causa do povo de Barra de Santana. “Primero quero dizer que o sindicato de Barra de Santana, como também a igreja católica, as igrejas evangélicas e outras forças da sociedade civil de Barra de Santana que realizaram uma reunião lá, que foi muito importante quando levantaram a questão da violência no município, como também na região de Alcantil, Riacho de Santo Antônio e outros municípios polarizados por Barra de Santana que foi muito importante aquela reunião que de lá tirou um encaminhamento de chegarmos a uma audiência com o secretário, essa reunião se realizou hoje, 22 de junho, e foi uma reunião muito importante que em minha avaliação foi uma das melhores reuniões que eu participei com o secretário de segurança aonde a comissão trouxe o tema com muita franqueza e muita propriedade e colocou a realidade, colocou também o que aconteceu depois da reunião de Barra de Santana onde a polícia começou a agir e foi colocado mais policiais na região, então tudo isso foi muito importante e o que espero é que daqui pra frente haja desdobramentos desta comissão junto a sociedade civil de Barra de Santana e municípios da região quanto ao acompanhamento e que estaremos bem próximos da secretaria da segurança pública para promover melhorias para àquelas comunidades e quero só parabenizar o sindicato, quero parabenizar as forças vivas do município de Barra de Santana por essa iniciativa e estamos aí a disposição”, explica dizendo que a defesa das famílias e dos trabalhadores têm sido o forte de seu mandato parlamentar.

Já o secretário Cláudio Lima, ao dialogar com o público ouvinte Queimadas FM e Rádio Serrana de Araruna, disse que atender bem e buscar ser prático e eficiente na construção de alternativas é uma lógica do Governo Ricardo Coutinho como forma de ser gerador de paz no estado com a participação social e garante que é meta do governo preencher requisitos com contratações gradativas de agentes policiais como forma de atingir o ponto ótimo de eficiência nas bases municipais. “Uma das diretrizes do governo é fazer com que a segurança pública se relacione, articule com a sociedade civil e a forma mais organizada é essa através do sindicato, com os representantes de cada município e é muito importante porque as demandas são trazidas diretamente por quem vive a problemática local e nós estamos prontos a fazer o possível pra melhorar não só esse relacionamento, mas o resultado também da segurança de Barra de Santana, Alcantil e toda a região e aí estamos à disposição, algumas operações já estão sendo feitas na área e, mesmo com as condições de limite que todo mundo tem de pessoal, de recursos humanos, mas a gente vai fazer o possível para atender e assim dar uma resposta melhor”.

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Paulo Medeiros Barreto disse ver como passo importante com o processo de mobilização dos segmentos diversos do município na busca de alternativas de crescimento dentro dos novos tempos em que a juventude precisa de maior promoção político-social no seu processo de formação e ao mesmo tempo de cuidado diante de quaisquer desvios que coloque em risco a ordem social daquela municipalidade. “A gente fica preocupado para que Barra fique coberta e deixar outro a descoberta, a discussão nossa é que tenhamos segurança em todo o município e toda aquela região, agora a gente já ficou satisfeito porque reivindicou, discutiu, debateu aquilo que era de interesse dela e já estamos tendo respostas”, explica dizendo que outro encontro amplo acontecerá em Barra de Santana, em curto prazo, na perspectiva de envolver a promotoria, judiciário e o executivo local para a construção das políticas públicas de segurança naquele município e em sequência naquele território .

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

 

Leia também