Anastácio elogia governador pela inauguração de nova Camará e agradece chegada de água a Esperança

inaguracao-de-agua-em-esperanca

O deputado estadual Frei Anastácio, membro da Frente Parlamentar das Águas da Assembleia Legislativa, participou de todas as atividades de inauguração da barragem Nova Camará, em Alagoa Nova. O parlamentar também esteve ao lado do governador, Ricardo Coutinho, festejando a chegada da água da barragem em Esperança, cidade natal dele.

“Em nome do povo de minha cidade, eu quero agradecer ao governador do estado por essa grande obra, que acabará com a sede de cerca de 170 mil habitantes da região. Uma obra que entra para a história das grandes realizações governamentais em nosso estado”, disse o deputado.

Frei Anastácio destacou que a barragem é um investimento que garantirá o abastecimento de água para moradores de 21 localidades nos municípios de Alagoa Nova, São Sebastião de Lagoa de Roça, Matinhas, Puxinanã, Remígio, Pocinhos, Lagoa Seca, Esperança, além de distritos da região como São Tomé, Campinote, Cepilho, dentre outras comunidades. “A barragem é uma obra feita com muita qualidade, com uma parede de 52 metros de altura em concreto e ferro, iluminação moderna, que não oferece mais risco de arrombar como aconteceu com a antiga estrutura, em 2004”, afirmou o parlamentar.

Segundo o deputado, a barragem que tem capacidade total de 26 milhões de metros cúbico, já está com uma boa quantidade de água acumulada. Ele afirma que a água que está armazenada, já representa uma esperança de que o problema de abastecimento na região será solucionado.

 

Fim do sofrimento

Frei Anastácio lembra, que depois que a barragem se rompeu, a população da região passou a sofrer muito, principalmente os municípios de maior porte como Esperança onde a população estava tendo que comprar água para não passar sede. “Agora, onze anos depois, estamos vendo o manancial funcionando novamente. Agora, só vai depender da chuva para encher e acabar de vez com as dificuldades da região”, ressaltou.

A barragem de Camará foi inaugurada no governo de José maranhão, em 2002, e se rompeu na gestão de Cássio Cunha Lima, na noite de 17 de junho de 2004. Após o rompimento, as águas inundaram parte dos municípios de Alagoa Grande, Mulungu, Alagoa Nova. A tragédia ocasionou a morte de cinco pessoas e deixou cerca de três mil desabrigados. Onze dias depois, a barragem sofreu outro desmoronamento. Só agora, no governo de Ricardo Coutinho, a barragem foi reconstruída. “Uma obra que entra para a história das grandes realizações governamentais em nosso estado”, disse o deputado.

Leia também