Assembleia Legislativa concede voto de aplauso e realiza sessão especial para comemorar Dia do Jornalista

A Assembleia Legislativa da Paraíba realiza sessão especial, sexta-feira (07), às 9h30, no Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba (R. da Areia, 725 – Varadouro, João Pessoa), em João Pessoa, para comemorar o Dia do Jornalista. A propositura é do deputado estadual Frei Anastácio (PT). “Vamos comemorar o dia 07 de abril, dedicado a esse profissional tão importante para a população, com essa Sessão Especial. Aprovamos também um voto de aplauso pela passagem do dia dedicado a esse profissional indispensável para a sociedade”, disse o deputado.

Frei Anastácio lembrou que o Dia do Jornalista foi criado pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI), como uma homenagem a João Batista Libero Badaró, importante personalidade na luta pelo fim da monarquia portuguesa e Independência do Brasil.

João Batista Badaró foi médico e jornalista. Ele foi assassinado no dia 22 de novembro de 1830, em São Paulo, por alguns dos seus inimigos políticos, durante uma passeata de estudantes em comemoração aos ideais libertários da Revolução Francesa. O movimento popular gerado por causa do seu assassinato levou Dom Pedro I a abdicar do trono em  7 de abril de 1831, deixando o lugar para seu filho Dom Pedro II, com apenas 14 anos de idade.

Foi só em 1931, cem anos depois do acontecimento, que surgiu a homenagem e o dia 7 de abril passou a ser Dia do Jornalista.  Foi também no dia 7 de Abril de 1908, que a Associação Brasileira de Imprensa foi fundada, com o objetivo de assegurar aos jornalistas todos os seus direitos.

Ao longo dos anos, a figura do jornalista profissional sempre foi vista como aquele que informa, forma opinião e pode mudar situações através do poder da informação precisa, vista em todos os ângulos, com imparcialidade. “No mundo atual, estamos ligados 24 horas nas informações. Sejam elas por redes sociais e outras formas de informativos na Internet, pela televisão, ou até mesmo pelo antigo jornal impresso. Estar informado e se comunicar no mundo moderno são uma necessidade da população. E logo aparece a importância do Jornalista na sociedade”, destaca.

O deputado lembra que em um mundo onde acontecem várias coisas ao mesmo tempo, cabe ao Jornalista saber o que está acontecendo, apurar os fatos, escrever a matéria e publicar. Esse profissional é de extrema importância, pois é ele que todo dia está nos alertando do que está acontecendo ou até mesmo o que irá acontecer. Sem a presença do jornalista militante, o nosso país seria uma nação obscura”, disse o deputado.

Elogio ao governador

Na sessão de hoje, o parlamentar também elogiou o governador Ricardo Coutinho pela posição tomada de não privatizar a Cagepa. “Essa posição do governador mostra sua posição coerente contra a missão de privatização imposta pelo presidente golpista,Temer, aos governadores. Essa posição representa a manutenção de um bem de grande importância para o povo paraibano”, disse o deputado.

Frei Anastácio disse reconhecer que a Cagepa precisa melhorar seus serviços, o fornecimento de água, mas entregar para a municipalização ou para a iniciativa privada não deve ser feita sem debater ou esgotar as possibilidades de recuperação. “Nosso estado herdou ao longo do tempo, a incapacidade de investir na captação, tratamento e distribuição de água e para tirar dessa situação, é preciso investir como está fazendo o governador ao longo de seus dois mandatos”, disse.

Leia também