Comissão de Direitos Humanos pede atenção para Caps, em João Pessoa

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa da Paraíba está pedindo providências ao Ministério Público, para verificar denúncias de que o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Gutembergue Botelho, que fica no Bairro dos Estados, em João Pessoa, está com deficiência no atendimento.

Segundo o presidente da Comissão, Frei Anastácio,a denúncia foi enviada por uma paciente que é assistida pelo Caps. “A denúncia é de que  Caps está esquecido pela prefeitura de João Pessoa. A paciente afirma que dos três banheiros do Caps, um está sem funcionar e outro se encontra com a pia quebrada.Também não está funcionando,  há muito tempo, o serviço  de 24 horas, para atender aos pacientes que entram em crise ficam interno lá”, disse o deputado.

Segundo a denúncia, a opção para quem entra em crise são os hospitais manicomiais. “Na estrutura do Caps do Bairro dos Estados, segundo a denúncia, até as oficinas deixaram se ser realizadas, por falta de estrutura.O Caps, além de está com o fogão quebrado tem  problema na iluminação por causa de água da chuva, na instalação elétrica”, disse.

A denúncia diz que em relação aos funcionários não há nada a dizer. Eles fazem o que podem e tratam os pacientes com respeito e humanidade. “A paciente que nos mandou a denúncia, está temendo que o Caps do Bairro dos Estados feche as portas por falta de estrutura. A luta que existe atualmente é justamente pelo contrário, que sejam abertos mais Caps  e que os manicômios sejam fechados”, afirmou o deputado.

Frei Anastácio disse que na condição de presidente da Comissão de Direitos Humanos trouxe a preocupação para a Assembleia, e está enviando ofícios à prefeitura de João Pessoa, pedindo providências para resolver o problema. “Irei ainda enviar ofício ao Ministério Público, solicitando providências para apurar a denúncia”, afirmou.

Leia também