Comissão eleitoral defende recontagem por causa de “vício”,diferença para segundo turno é de 76 votos

 

O presidente da comissão eleitoral do PT da Paraíba, Josenilton Feitosa, admitiu que pode haver um recurso pedindo a recontagem dos votos do processo eleitoral do partido, realizado ontem. Ele explicou que a apuração foi suspensa por volta das 19h de hoje quando o candidato Charliton Machado mantinha sua vitória em primeiro turno por uma diferença de 0,5%, ou 76 votos. Segundo os cálculos de Feitosa, ainda há cerca de 120 sufrágios para serem apurados em urnas de Cacimba de Areia, Vista Serrana, Brejo dos Santos e Salgadinho. A comissão também pede a anulação dos votos de Mamanguape e diz que houve fraude no município:
- Em Mamanguape tem mais votos na urna do que eleitores na lista de presença. Lá houve erro, vício e fraude e essa votação deve ser anulada. Nós vamos ficar parados até amanhã e Charliton é ainda presidente do PT. Ele sentou na cadeira sem ser convidado.
Feitosa foi chamado por volta das 20h30, para uma reunião na sede do PT com o atual presidente, Rodrigo Soares, além do chefe de gabinete do prefeito, Zennedy Bezerra, do diretor da PBTur, Francisco Linhares, e o deputado estadual Anísio Maia.
A entrevista foi concedida ao repórter Dênis Coelho, da Nova Tambaú FM.
Fonte:Parlamentopb

Leia também