Deputado diz que apoia novo modelo de reforma agrária no Brasil, defendido em Congresso do MST

O deputado estadual Frei Anastácio (PT), que está em Brasília, participando do 6º Congresso Nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST),durante toda esta semana, disse que a grande discussão do evento é a implantação de um novo modelo de reforma agrária no Brasil. “O evento marca uma retomada de um novo projeto de reforma agrária para o país, o qual tem todo meu apoio”, afirmou o deputado.

“O projeto prever lutar e construir uma reforma agrária popular baseada na luta com propostas. Esse é um dos pontos fortes do evento, que tem a participação de representantes de diversas entidades de todo o pais refletindo sobre o tema”, disse o parlamentar.

Segundo o deputado, o projeto defendido compreende uma reforma que traga maiores resultados, a partir das propostas levantadas de acordo com as necessidades da população. “O novo modelo defende uma reforma ampla na política agrícola, é contra o agronegócio, que só privilegia os grandes empreendimentos, e busca mais apoio para a agroecologia”, explicou.

O novo modelo defende ainda, que as sementes sejam um patrimônio do povo e não da propriedade privada, como é atualmente.  “Eu estou ao lado dos movimentos sociais e apoio essas iniciativas. A agricultura familiar tem que ser cada vez mais incentivada em nosso país. É dela que saem mais de 70% dos alimentos que chegam à nossa mesa. E com uma reforma agrária popular, essa produção irá aumentar anda mais”, argumentou o deputado.

O Congresso, que começou segunda-feira e termina sexta-feira, reúne 15 mil trabalhadores e trabalhadoras de 23 estados brasileiros, além de 250 convidados internacionais. Mais de quatrocentos representantes da Paraíba estão participando do evento.

 

Leia também