Deputado diz que regulamentação dos alternativos é uma vitória de dez anos de luta

O deputado estadual Frei Anastácio voltou a destacar o interesse do governo do estado, em assumir o projeto de regulamentação dos transportes alternativos, mas ressaltou que a vitória é da categoria que vem lutando por isso desde 1999. “Eu tenho a satisfação de ter assumido essa luta, junto aos alternativos, desde o meu primeiro mandato, em 1999, e estou até hoje ao lado deles”, disse o deputado.

Frei Anastácio lembrou que em 2001, o mandato dele realizou a coleta de assinaturas para elaboração de um projeto de iniciativa popular. No ano seguinte, em 2002, o projeto foi apresentado na Assembleia e foi derrotado.

Segundo o parlamentar, em 2003 o projeto foi reapresentado, como substitutivo a um que já existia e mais uma vez foi derrotado. “Em 2004, voltamos a insistir com o projeto e a luta ganhou corpo com reuniões em diversas cidades do estado a exemplo de Queimadas, Aroeiras, Campina Grande, Lago Seca, Remígio, Esperança, Massaranduba, Soledade, Gurinhém, Guarabira, Bayeux, Sapé, Santa Rita, Mamanguape, Mataraca e Arara”, relatou Frei Anastácio.

IMG_3477O petista ressaltou que o projeto chega, agora, à Assembleia Legislativa como iniciativa do governo do governo do estado. “Foi o que eu sempre disse aos alternativos 15 anos atrás, que um dia o problema seria resolvido através do volume de luta. Creio que chegou a vez. Mas, é preciso que discutamos bem o projeto para que tudo seja feito de forma a beneficiar a categoria e à população que vai usar o serviço desse transporte”, disse o deputado.

O parlamentar disse que, além de reuniões em todas essas cidades, os alternativos realizaram muitos protestos nas ruas de diversos municípios, inclusive, em frente à Assembleia Legislativa, e na frente do Palácio da Redenção. “Creio que, agora, teremos um desfecho feliz, a partir das discussões comandadas pela Assembleia Legislativa”, disse o deputado.

Leia também