Deputado diz que violência em Jacaraú assusta até a polícia

O deputado estadual Frei Anastácio denunciou, hoje (9), na Assembleia Legislativa, que a falta de segurança no município de Jacaraú é tão grande que até a Polícia tem medo. “Para se ter uma ideia, a delegacia da cidade fecha as portas às 17h. Os moradores se trancam em casa e a bandidagem fica solta”, denunciou o deputado.

Frei Anastácio disse que além de funcionar só até o final da tarde, a delegacia do município fecha na sexta-feira e só reabre na terça-feira da semana seguinte. O deputado relatou que um petista teve a casa arrombada, perdeu muitos objetos pessoais, dinheiro e equipamentos eletrônicos, numa sexta-feira, e só pode registrar o fato na terça-feira.

O deputado relatou ainda que várias outras residências estão sendo furtadas da mesma forma. “O comércio também é vítima da violência e teve que mudar os horários de funcionamento para tentar inibir a ação dos bandidos. A população também não dispõe mais de farmácia depois que escurece, porque os proprietários estão com muito medo”, disse o deputado.

O parlamentar denunciou que outro problema enfrentado pela população é com o delegado do município. “Quando a PM prende os bandidos e leva para a delegacia, no outro dia o delegado solta alegando falta de provas. Um caso curioso desse delegado foi o de uma mulher espancada por um homem desconhecido. Quando ela foi para a delegacia, o delegado a orientou a não prestar queixa”, destacou o deputado.

De acordo com o deputado, só existem duas explicações para essa ação do delegado. “Será que o delegado de Jacaraú não quer atender as ocorrências por preguiça ou para não aumentar as estatísticas da criminalidade na Paraíba? É assim que se reduz criminalidade na Paraíba? Mascarando com a inoperância”, indagou.

 

Falta saúde

O deputado também denunciou que na cidade, o Conselho Regional de Enfermagem fechou o hospital porque só tinha técnico em enfermagem trabalhando. Não havia médico trabalhando, nem enfermeiros de nível superior.

“Os colchões eram cobertos com papel porque nem lençol tinha para forrar as camas. Agora, deram uma camada de tinta para dizer que o hospital está em reforma, mas não tem nenhuma informação sobre reforma ou o que se está reformando. Essa é a realidade não só de Jacaraú, mas de todo nosso estado. Aqui na Paraíba é assim: sem saúde, sem segurança, mas na propaganda do governo o estado está sendo reinventado e se encontra num mar de rosas”, concluiu.

Leia também