Frei - Lula Marques

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) disse que a greve dos servidores da Dataprev, Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social, na Paraíba, prevista para começar nesta terça-feira (28),a partir de uma manifestação, às 9h, na Avenida Getúlio Vargas, no centro de João Pessoa, é um movimento em defesa de uma causa justa. 

“É uma greve em defesa do patrimônio público, que está sendo privatizado, e contra demissões injustas e humilhantes ”, disse o deputado.

Segundo Frei Anastácio, os funcionários da Dataprev já  decidiram entrar em greve na sede da empresa, em Brasília. Em várias regionais espalhadas pelo país deverá acontecer o mesmo nos próximos dias. Na Bahia, no Rio Grande do Sul e em Sergipe, a greve já começou. No Distrito Federal a paralisação começará nesta segunda-feira (27). Na Paraíba, a greve deve começar a partir da manifestação, na próxima terça-feira, (28).

“A manifestação, que marcará o início de uma greve, é em protesto contra as demissões e humilhações dos 493 empregados de 20 unidades da Dataprev fechadas pelo governo federal em todo o país. Os funcionários demitidos tiveram que sair às pressas das unidades fechadas, com seus pertences em sacos plásticos de forma humilhante e desprezível”, relatou o deputado.

Frei Anastácio lamenta que a demissão desses funcionários da estatal faça parte do processo de privatização que está sendo implantado pelo governo Bolsonaro.

O parlamentar afirmou que apoia integralmente a manifestação em apoio aos servidores demitidos nas 20 unidades extintas.

“Não podemos ficar calados diante de mais esse absurdo que esse governo está cometendo. Ele demitiu quase 500 pais e mães de famílias, em nome de uma política que é feita para agradar empresários e as elites”, disse.

Frei Anastácio também criticou o governo pelas filas no INSS. “A culpa dessas filas é do próprio governo. Isso está acontecendo porque o governo não contrata os concursados no INSS, e não não dá tempo para a Dataprev adaptar os sistemas antes da lei entrar em vigor.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here