O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) faz apelo público solicitando ao governador do Estado, João Azevêdo, que determine mais atenção  nas investigações sobre o caso do Padre Gilmar, de 46 anos, que desapareceu desde às 11h30 de ontem, terça-feira (13), sem deixar pistas de onde esteja. 

“Tenho certeza do empenho do secretário de segurança pública da Paraíba, Jean Nunes neste caso. Mas, é grande o desespero de familiares e da comunidade onde o padre servia. Estamos todos com várias perguntas a serem respondidas sobre o que realmente está acontecendo com o padre Gilmar”, ressaltou.

O parlamentar relatou que o Padre Gilmar é uma pessoa muito querida por todos e todas da Paróquia Santa Terezinha, no Alto Roger, em João Pessoa. “Ele é um pastor comprometido com os pobres e com o evangelho. Seu desaparecimento também já teve repercussão em toda Paraíba. A única informação é de que o padre saiu para um velório, mas não chegou ao destino e ainda teria mandado uma mensagem para um amigo da paróquia pedindo socorro. Está tudo muito vago ainda. Acredito que a partir dessa mensagem, a polícia possa encontrar mais pistas”, disse.

Frei Anastácio relatou que obteve a informação de que as  polícias de Pernambuco e do Rio Grande do Norte, além da Polícia Rodoviária Federal foram acionadas sobre o  caso. “Esperamos receber notícias em breve, e que essas notícias sejam boas, em relação ao padre Gilmar”, concluiu.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here