Feira com produtos da reforma agrária volta ao Ponto de Cem Réis terça-feira

A Feira Agroecológica da Reforma Agrária retoma as atividades, em 2014, com a primeira edição do ano, nesta terça-feira (7), no Ponto de Cem Réis. A ação é realizada toda primeira terça-feira do mês, das 15h às 19h. A promoção é da Comissão Pastoral da Terra (CPT), Mandato do Deputado Estadual Frei Anastácio (PT), com apoio da Superintendência do Incra na Paraíba (Incra-PB) e da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

A produção levada para o Ponto de Cem Réis vem  de trinta famílias de oito assentamentos da reforma agrária e de dois acampamentos situados no Agreste, no Vale do Mamanguape e no Litoral Sul da Paraíba. Entre os produtos que serão comercializados estão feijão, milho verde, tomate, pimentão, batata-doce, coentro, alface, cenoura, repolho, macaxeira, inhame, mamão, manga, tapioca, bolo, doces da fruta, beiju, canjica, mungunzá, galinha de capoeira, ovos e sucos, guaiamum (uma espécie de caranguejo), além de mel e peças de artesanato.

Segundo o deputado estadual Frei Anastácio (PT), na última edição da feira, os agricultores venderam 10 toneladas de alimentos. “A feira oferece produtos de excelente qualidade, cultivados sem nenhum tipo de agrotóxicos. A venda desses produtos representa um importante complemento para a renda familiar dos agricultores”, disse o deputado.

A feira é abastecida pelos assentamentos Novo Salvador (Jacaraú), Jardim (Curral de Cima), Boa Esperança (Jacaraú), Dona Helena (Cruz do Espírito Santo), Vida Nova (Sapé), Capim de Cheiro (Caaporã), Dona Antônia (Conde) e Apasa (Pitimbu); além dos acampamentos Marinas do Abiaí (Pitimbu) e Ponta de Gramame (João Pessoa).

 A produção dos agricultores assentados é acompanhada por entidades prestadoras de Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária (Ates) contratadas pelo Incra-PB.

Outras feiras  na Capital

Essa já é a quarta feira agroecológica de caráter permanente realizada por assentados da reforma agrária em João Pessoa. Atualmente, é realizada uma feira, todas as sextas-feiras, no Campus I da Universidade Federal da Paraíba (UFPB); uma feira no Bairro do Bessa, nas proximidades do Clube dos Médicos, aos sábados; e outra no pátio do Departamento Nacional de Obras Contra As Secas (Dnocs), no Bairro dos Estados, também aos sábados. Todas essas feiras têm início às cinco horas da manhã.

 

Leia também