O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) acusou o Governo Bolsonaro de abandonar o programa Bolsa Família – que passou a ser chamado Renda Brasil -, ao deixar 1,2 milhão de famílias na fila de espera em busca do benefício. “Só na Paraíba, são 70 mil famílias nessa fila de espera, sem falar em milhares que tiveram os benefícios cancelados sem explicação”, disse o deputado.

Frei Anastácio disse que além de está  acabando com Bolsa Família, implantado pelo governo do PT, Bolsonaro enganou ao povo com mais uma fake News de que iria aumentar o valor do benefício. “Bolsonaro divulgou nos quatro cantos do país que iria aumentar o valor do Bolsa Família. Mas, no orçamento para o próximo ano, ele nem colocou orçamento para esse suposto aumento. Ou seja, esse governo caloteiro”, afirmou.

Frei Anastácio relatou que as famílias que estão na fila de espera se encontram abandonadas pelo governo. “Essas famílias atendem todos os critérios para receber o benefício e enquanto esperam, sofrem sem dinheiro, sem emprego e sem perspectiva. Isso, sem falar nas que foram retiradas do programa, sem nenhuma justificativa e de muitas outras que perderam renda na pandemia e passaram a precisar do benefício. Mas, Bolsonaro não anunciou nenhuma perspectiva para essas famílias que sofrem”, disse.

Descaso desde o golpe

Frei Anastácio lembra que desde 2019 Bolsonaro não vem incluindo novas famílias no programa. “Mas, é bom lembrar que até 2017, a fila para receber o Bolsa Família estava zerada. Mas, depois que o Golpista Temer assumiu nada foi feito. Com  Bolsonaro, o descaso continua e o tamanho da fila só faz crescer, sem nenhuma esperança de futuro”, relatou.

O parlamentar argumentou que o número de famílias desamparadas pode ser ainda maior que esse divulgado, já que os últimos dados da fila de espera são de maio de 2021. “Sem uma política efetiva de combate e erradicação da pobreza, o Brasil se afundará ainda mais com os desmandos de Bolsonaro”, concluiu.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here