WhatsApp Image 2019-10-02 at 12.47.33

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) acusou o presidente Jair Bolsonaro de cometer mais um crime de responsabilidade, ao incentivar pessoas a irem para a manifestação realizada ontem (15), em Brasília, contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF).

“Além disso, a participação do presidente foi transmitida por uma rede social do Palácio do Planalto, com ele cumprimentando o povo.

Bolsonaro ainda tem a “cara de pau” de dizer que a manifestação não era contra ninguém, enquanto ao lado estavam faixas pedindo intervenção militar, fechamento do Congresso e do STF”, disse o deputado.

Frei Anastácio acrescentou que o direito de manifestação do povo é livre. “No entanto, o incentivo, a incitação e participação do Presidente da República, num ato como o de ontem, é uma afronta à Constituição Brasileira”, alertou.

O parlamentar relatou que, segundo o que foi divulgado pela mídia nacional, Bolsonaro enviou 33 postagens em suas redes sociais, incentivando o ato contra o Congresso e Supremo Tribunal Federal.

“Como se isso não bastasse, ele participou das manifestações, numa posição clara contra os dois poderes, e agindo de forma irresponsável diante das recomendações do Ministério da Saúde de que é preciso evitar aglomerações de pessoas, em consequência dos riscos de contaminação pelo Corona vírus”, declarou.

Para Frei Anastácio, ao fazer isso, Bolsonaro fere a impessoalidade de Presidente da República e o decoro do cargo que ocupa. “Espero que o Congresso Nacional e o STF não fiquem calados diante desse desrespeito à Constituição do país e aos dois poderes alvos dos protestos. Isso é mais um motivo para impedimento do cargo ”, afirmou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here