O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) alertou que quase metade das universidades federais do país podem fechar as portas, até o final do ano, porque o Governo Bolsonaro vem cortando recursos do orçamento das instituições, desde que assumiu o poder, e as verbas para este ano não são suficientes para a conclusão do ano letivo.

“Trinta das 69 universidades federais do Brasil já demonstraram preocupação com o orçamento e alertaram que se não houver recurso extra,  as atividades serão paralisadas  até o final do ano. É inadmissível que quase metade das instituições mais importantes do país cheguem ao fim por incompetência e má vontade do Governo Bolsonaro”, disse.

Frei Anastácio disse que muitas outras universidades já declararam que não tem condições de voltar às aulas presenciais esse ano, mas que mesmo com o ensino remoto, não terão verba para durar mais que um ano.

No governo do PT, o orçamento era três vezes maior

“Falta dinheiro para tudo. Desde para gastar com o essencial, como contas de água e luz, quanto para pagar incentivo aos pesquisadores. Para se ter noção da tragédia, estamos falando de 500 mil alunos prejudicados, fora toda a pesquisa científica perdida que o fechamento das instituições provocará”, lamentou.

O deputado lembra que para salvar essas instituições, a verba tem que aumentar pelo menos R$ 1,3 bilhão, chegando a R$ 5,6 bilhões, que foi o orçamento destinado em 2020.

“Estamos pedindo o mínimo para que as universidades não fechem. Em 2011, no Governo Dilma o orçamento era quase 3 vezes o destinado por Bolsonaro, chegando a R$ 12 bilhões. Lutaremos pelo mínimo, mas não podemos nos acostumar com essa realidade. Nossa luta tem que ser para voltarmos a ter momentos gloriosos na educação do nosso país”, lembrou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here