O deputado federal Frei Anastácio anunciou emendas no valor de R$550 mil para o município de Barra de Santa Rosa, durante participação do Terceiro Encontro de Caprinocultores do Território  do Curimataú e Seridó, realizado no município durante o final de semana que passou. “As nossas emendas foram concedidas atendendo solicitação da comunidade dos companheiros do PT do município”, disse.

A emenda parlamentar, no valor de R$250 mil, é destinada a realizar capacitação dos agricultores envolvidos no trabalho com a usina de beneficiamento de leite, onde o encontro foi realizado. A outra emenda, de R$ 300 mil é para a construção de uma pista de caminhada, em Barra de Santa Rosa, que foi destinada a partir de reivindicação de representantes dos movimentos sociais e do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, Adriano Leite.

Frei Anastácio elogiou a realização do terceiro encontro de caprinocultores que reuniu produtores de várias cidades da Paraíba e de outros estados. “Foi um encontro que contou com realização de seminários, palestras, apresentações culturais, demonstração leiteira, apresentação de programas para a agricultura familiar, ministração de cursos de capacitação para os produtores e muitas outras atividades voltadas para fortalecer a caprinocultura”, relatou.

Encontro consolida-se como principal evento do Curimataú e Seridó Paraibano 

A realização do 3º Encontro de Caprinocultores do Território do Curimataú movimentou a cidade de Barra de Santa Rosa, no último final de semana. Criadores de dez cidades foram atraídos por uma vasta programação organizada pela Agência Xique Xique, após dois anos de pandemia. 

Com o patrocínio do Banco do Nordeste do Brasil e a parceria do INSA, STR, Paróquia, Prefeitura Municipal de Barra de Santa Rosa, SEBRAE, AFINK de Araruna, SENAR, Governo do Estado da Paraíba, através da SEAFDS, SEDH, SEMDH, PROCASE e Projeto Cooperar; o evento consolidou-se como um dos mais importantes para o arranjo produtivo no Curimataú e Seridó Paraibano. 

De acordo com a organização, no sábado (18), capacitações foram destinadas para os agricultores, a partir de temáticas essenciais, como o acesso a crédito, alimentação animal com base nos recursos do bioma caatinga, comercialização e marketing, manejo adequado na produção de leite caprino e higienização da ordenha e qualidade do leite.

O evento atraiu diversas autoridades políticas e civis, a exemplo do secretário da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido, Bivar Duda, da secretária da Mulher e Diversidade Humana, Lídia Moura, de Elisane Abrantes do Projeto Cooperar, do coordenador  do PROCASE, Aristeu Chaves, do deputado federal Frei Anastácio (PT) e do deputado estadual Chió (Rede), dos prefeitos Neto Nepomuceno de Barra de Santa Rosa, Olivânio Dantas Remigio de Picuí e Charles Camaraense de Cuité, além da secretária de Estado de Juventudes, Rafaela Camaraense. Secretários municipais de agricultura, representantes do Território do Curimataú, sindicatos, associações comunitárias, cooperativas, comunidades indígenas, expositores da Afink de Araruna e do Capril Trairi do Rio Grande do Norte, também estiveram presentes.  

Ainda segundo a Agência Xique Xique, a terceira edição do ECTC foi um marco ao contemplar todos os aspectos do arranjo produtivo e seus impactos sociais, ambientais, econômicos e culturais para a região.

 

“No Domingo, dia 19, houve exposição de animais, demonstração leiteira, apresentações culturais, lançamento de programas governamentais para agricultura familiar, como o Incluir PB, através do secretário Bivar Duda; doações de palma forrageira resistentes à cochonilha do carmim, mudas frutíferas, sombreiros e visitações”, lembrou Adriano Leite, membro da coordenação do evento. 

Ainda segundo a Agência Xique Xique, os objetivos foram alcançados, com o comprometimento de autoridades para com a viabilização do laticínio do Curimataú. “Esperamos que os agricultores familiares e a sociedade possam absorver o arranjo produtivo da caprinocultura, através do leite de cabra e seus derivados, como uma atividade produtiva e de inclusão social no recorte territorial do Curimataú e do Seridó”, enfatizou Adriano Leite.

Criadores de toda região marcaram presença no evento. O Curimataú paraibano possui hoje cerca de 20 mil animais caprinos, mostrando a força do arranjo produtivo e as inúmeras potencialidades de fomento para o desenvolvimento de paraibanos em toda região. 

Fonte: Assessoria de Comunicação 

Agência Xique Xique  e Assessoria de Frei Anastácio

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here