O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) fez apelo, através de ofício, à superintendência do Banco do Brasil, solicitando que a instituição não deixe os 28 mil habitantes de Lagoa Seca sem nenhuma instituição bancária e reabra o PagFácil que existia no município.

O parlamentar fez o apelo atendendo a um requerimento do vereador Nelson Anacleto, aprovado na Câmara Municipal, solicitando intervenção dos parlamentares federais, para intercederem junto ao Banco do Brasil. “Com o fechamento da agência, a população está sendo obrigada a se deslocar para outras cidades em busca de serviços bancários. Isso é muito ruim”, disse o deputado.

Os mais prejudicados, segundo o congressista, são os aposentados e pensionistas. “Além das despesas com deslocamento e o tempo gasto para outras cidades, essas pessoas, muitas idosas, ficam vulneráveis a assaltos e à contaminação pelo Coronavírus. É difícil para uma cidade de quase 28 mil habitantes ficar sem nenhum tipo de serviço bancário”, lamentou. 

O deputado destacou que o PagFácil movimentava muito dinheiro no município. “Só para saque, o PagFácil, realizava uma movimentação de R$ 1,5 milhão por mês. Esperamos que a superintendência do Banco do Brasil atenda essa reivindicação justa. Já recebemos a confirmação de recebimento no nosso ofício e a promessa de que o problema está sendo estudado”, informou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here