O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) protocolou requerimento, de número 2752/2021, solicitando à mesa diretora da Câmara, que coloque na Ordem do Dia, o Projeto de Lei 2564/2020, já aprovado pelo Senado, que estabelece o piso salarial dos profissionais enfermeiros, técnicos, auxiliares de enfermagem e parteiras e sua jornada de trabalho. “A Enfermagem merece todo reconhecimento pelo trabalho que realiza, e esse projeto é justo”, disse o deputado.

O parlamentar também usou a tribuna da Câmara para fazer apelo ao presidente da Casa, no sentido de que não colocasse o projeto para ser analisado nas comissões temáticas. “Presidente Arthur Lira, não faça isso. Se esse projeto for encaminhado às comissões, significa uma manobra para retardar sua chegada ao plenário da Câmara. A Enfermagem não merece isso”, disse.

Frei Anastácio relatou, no pronunciamento, que soube desse possível encaminhamento do projeto para as comissões, em conversas de bastidores, durante Audiência Pública realizada na quarta-feira (8), para discutir a importância do PL 2564/2020. “Tenho certeza de que a maioria dos parlamentares estão ansiosos  para votar a favor desse projeto da Enfermagem. Dessa forma, faço mais um apelo para que o presidente da Câmara olhe para essa matéria com prioridade”, disse o deputado durante o pronunciamento.

Senado já fez sua parte

O congressista lembrou que o PL 2564/2020 veio do Senado Federal onde obteve votação expressiva. “Além disso, é mais que merecido que o piso salarial para enfermeiros, técnicos, auxiliares de enfermagem e parteiras, e sua jornada de trabalho, sejam reconhecidos e aprovados também na Câmara Federal”, destacou. 

O deputado ressaltou que essa será a melhor forma de reconhecimento que os deputados federais podem dar por todo o trabalho exaustivo que esses profissionais da área da saúde têm tido ao longo de anos, e que se intensificou com a pandemia do coronavírus.

“Nesse sentido, Senhor Presidente, é preciso que seja feita justiça, com os Enfermeiros (as), Técnicos de Enfermagem, Auxiliares de Enfermagem e Parteiras de todo o Brasil, em especial do meu Estado da Paraíba, e que seja cumprido o artigo 7°, inciso V, da Constituição Federal, que prevê piso salarial a todo trabalhador urbano e rural, proporcional à extensão e à complexidade do trabalho, sendo urgente, portanto, a votação do PL 2564/2020”, disse o deputado na justificativa do requerimento encaminhado.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here