O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) acusou Bolsonaro de praticar mais uma atitude genocida, ao desviar R$ 3,9 bilhões do montante de recursos destinados para  ajudar os municípios a combaterem a COVID-19. ” Quantas vidas esse dinheiro poderia ter ajudado a salvar? “, indagou o deputado.

A constatação do corte de verba, foi feita pelo Conselho Nacional de Saúde. “O valor desviado por Bolsonaro, e ninguém sabe para aonde, equivale  a 17% de um montante de  R$ 23,6 bilhões. Esse dinheiro  estava  destinado  para equipar hospitais, comprar remédios  e ajudar no tratamento de infectados pelo Coronavírus,  nos municípios”, informou o deputado.

Falta de compaixão 

Frei Anastácio classificou também  de irresponsável a um atitude do presidente. “Bolsonaro já  poderia ter aprendido com os erros cometidos até aqui e demonstrar um pouco de compaixão pelo povo, mas ele demonstra, mais uma vez, seu total desprezo com a pandemia que já matou mais de 100 mil brasileiros”, comentou.

“Bolsonaro é tão desprezível que sequer justificou a retirada do valor. O Conselho Nacional de Saúde constatou   a retirada do dinheiro, analisando a prestação de contas do Ministério da Saúde”, disse.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here