O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) defendeu, na tribuna da Câmara, durante reunião da Comissão Geral, que comemorou os 30 anos dos Programas de Agentes Comunitários de Saúde e de Combate a Endemias, o fortalecimento da luta que está sendo travada no Congresso, pela valorização dessa categoria. Ele cobrou do Congresso Nacional, mais valorização do trabalho que esses profissionais realizam.

“Precisamos aprovar a PEC 22/11 e a PEC 14/2021 e, além disso, vamos derrubar o Veto 44 deste governo destruidor de direitos. Precisamos garantir, aos agentes comunitários de Saúde, aumento salarial, aposentadoria especial e exclusiva e também fixar a responsabilidade do gestor local do SUS pela regularidade do vínculo empregatício desses profissionais”, comentou.

Frei Anastácio disse que os agentes comunitários de saúde têm papel fundamental ao atuar nas comunidades, interligando os serviços de saúde à população. “É importante que esses profissionais tenham qualidade de vida e trabalho, para que possam ter bem-estar e ao mesmo tempo proporcionar maior qualidade na prestação de suas atribuições. E nada melhor que reconhecer este trabalhador ou essa trabalhadora que vive dias árduos atualmente e que salvam vidas é declarar meu voto a favor desta categoria”, explicou.  

O parlamentar disse que as propostas que garantem direitos aos agentes comunitários de Saúde precisam ser colocadas como prioridade na Câmara Federal. 

“Os agentes Comunitários de Saúde são a espinha dorsal deste País. Se quiserem ter vida longa, valorize quem valoriza a vida. Parabéns Agentes comunitários de Saúde e Combate a Endemias pelos seus 30 anos”.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here