Foto de Gabriel Paiva (2)

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) fez pronunciamento, ontem ( 8), durante sessão  do Congresso Nacional, cobrando mais atenção das autoridades em relação à saúde mental dos policiais brasileiros.

O parlamentar fez o pronunciamento com base  nas informações de uma reportagem publicada pelo Jornal Correio da Paraiba, que mostrou aumento no número de suicídios   no meio policial do Estado.

O deputado lamentou  que o números de profissionais que tiraram a própria vida teve um crescimento de 42,5% entre 2017 e 2018, na Paraíba.

“Este número já seria por si só bastante grave. Mas o que o torna ainda mais preocupante é que esse índice  pode ser maior. Isso porque os casos de suicídios ainda não são totalmente notificados”, disse o deputado.

Como exemplo, o deputado citou os casos na Paraíba, que o estudo aponta que não houve casos de suicídios no ano de 2018, mas a própria corporação aponta que houve pelo menos três.

O parlamentar demonstrou sua preocupação com a informação de que o suicídio é a terceira principal causa de morte externa de policiais na Paraíba e a oitava principal causa no país.

Buscar formas de prevenção

“Faço um apelo para que a saúde mental dos que trabalham nos defendendo seja priorizada pelo nosso Estado e pelo Governo Federal. É preciso mais atenção a esses profissionais, em todos os aspectos”, pediu o congressista.

Além disso, Frei Anastácio parabenizou o Jornal Correio da Paraíba e disse que matérias como essa ajudam a sociedade e as autoridades a refletirem sobre essa grave situação. ” O tema suicídio tem que ser mais debatido, no sentido de se buscar meios e formas de prevenção. Não  dá  pra ficar calado diante de dados tão preocupantes, sobretudo, nas forças de segurança”, concluiu.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!