O deputado federal Frei Anastácio fez pronunciamento, durante sessão na Câmara Federal, cobrando do presidente da casa que coloque em votação o Projeto de Lei 2.295/2000, que institui a carga horária de 30 horas para a enfermagem em todo o Brasil. “Não adianta ficar só elogiando. A Câmara precisa fazer um ato de humanidade com a enfermagem que já espera pela votação desse projeto há 21 anos”, disse o deputado.

O deputado também se solidarizou com as famílias que perderam entes queridos para a covid-19. “Manifesto meus sentimentos às centenas de famílias de profissionais de saúde que perderam entes queridos para a Covid-19, assim como às centenas de milhares que estão de luto”, disse. 

Frei Anastácio lembrou que o projeto de lei das 30 horas para a enfermagem foi aprovado pelo Senado, e está engavetado na Câmara desde o ano 2000. “Quando é para prejudicar trabalhadores e servidores públicos, há uma pressa muito grande em votar. Quando é para atender a banqueiros e o agronegócio, o batalhão do governo se mobiliza para colocar em pauta e votar até na calada da noite. Quando é para retirar direitos e prejudicar o povo, como por exemplo, com a PEC Emergencial, tudo é muito rápido. Mas, para fazer justiça com categorias que estão oferecendo a vida para salvar vidas, viram as costas e ficam só com tapinhas nas costas”, afirmou.

O parlamentar ressaltou que “o governo precisa deixar a maldade de lado, por um momento, e pensar na carga horária da Enfermagem. Vamos fazer justiça com essa categoria. O Senado fez sua parte, resta à Câmara fazer esse ato de humanidade com a enfermagem que está fazendo tanto bem para a população Brasileira”, concluiu.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here