O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB), assim como toda bancada do PT no Congresso Nacional, estão cobrando urgência do Governo Federal no pagamento do auxílio emergencial ao setor cultural, através da Lei Aldir Blanc.

“O projeto de emergência cultural, que nasceu da bancada do PT, já foi sancionado. Agora é lei. Não vamos tolerar demora no pagamento do auxílio de R$ 600 e da ajuda aos estabelecimentos do setor, como ocorreu com os profissionais do setor informal”, disse o deputado.

O parlamentar anunciou que reassume o compromisso de continuar lutando em defesa do setor cultural do país, especialmente da Paraíba, seu estado. “A lei de emergência cultural sancionada pelo presidente da República é uma iniciativa da deputada Benedita da Silva, com coautoria de todos nós da bancada do PT, na Câmara Federal. Se não fosse nossa iniciativa, que depois teve apoio até dos parlamentares governistas, o setor cultural estaria desprezado”, destacou.

O congressista ressaltou que o governo não pode demorar em liberar os recursos, pois o setor cultural é um dos mais atingidos pela crise provocada pela pandemia do Coronavírus.  “Esse dinheiro precisa chegar ao setor cultural logo. Não vamos tolerar demora. Os que fazem o setor cultural estão sofrendo muito com a crise”, afirmou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here