Frei Anastácio culpa autoridades pelo roubo de água do Canal da Redenção

O deputado estadual Frei Anastácio lamentou hoje (23), na Assembleia Legislativa o fato da Paraíba ter sido manchete nacional com o roubo de água do canal da redenção. “Eu já vinha denunciando esse fato aqui na Assembleia, há três anos. Se as autoridades do estado tivessem tomado as providências que solicitamos, a Paraíba não teria passado por mais essa manchete negativa em nível nacional”, disse o deputado.

De acordo com o parlamentar, não é de hoje que se tem conhecimento desse roubo de água. Ele disse que desde 2012 vem denunciando que grandes fazendas, em especial a de Fábio Tayrone vem roubando água para grandes plantações de coqueiros.

“Na ocasião enviamos ofícios para o DNOCS, Governo do Estado e outros órgãos competentes. Mas, nada foi feito.Infelizmente, só quando somos expostos em rede nacional é que se tomam providências. Em 2015 a Aesa detectou o desvio dessas águas, mas o que falta para punir essas pessoas?Quando é um pequeno agricultor, a mão da punição é de ferro e quando é um grande fazendeiro, nada é feito. O deputado acrescentou que não é só nas várzeas de Sousa que isso acontece, mas em toda extensão do canal. Espero que o governo do estado não fique de braços cruzados diante dessas verdades”, afirmou.

Visita às viúvas de policiais

O Parlamentar também registrou no plenário da Assembleia que na tarde desta terça-feira(23), a Comissão de Direitos Humanos da casa irá começar uma agenda de visitas às viúvas de policiais assassinados na Paraíba. “Iremos levantar todos os problemas enfrentados pelas viúvas e dar encaminhamento. Desde já, coloco a assessoria jurídica do nosso mandato à disposição das viúvas para defendê-las no que for preciso”, anunciou.

Leia também