O deputado federal Frei Anastácio disse que é a favor da aprovação do Projeto de Emenda à Constituição (PEC) que mantém o valor emergencial de R$ 35 bilhões para o Sistema Único de Saúde (SUS) no próximo ano. “Temos que proteger o SUS, para que o povo tenha saúde pública”, disse o deputado.

O congressista alertou que se esse dinheiro não for garantido, a população sofrerá ainda mais com a precarização do atendimento de saúde. “Não podemos deixar o SUS sem esse reforço financeiro, sobretudo, porque estamos numa pandemia que não tem data para terminar. Sem esse dinheiro, não há esperança de garantia de saúde para o próximo ano”, afirmou.

Ele explicou que a PEC precisa ser aprovada porque no orçamento do Governo Bolsonaro não está previsto esse valor  para 2021. “É bom lembrar, que nos últimos três anos, o SUS já perdeu mais de R$ 22 bilhões. Isso por causa da Emenda Constitucional do teto dos gastos. Mas, não dá para entrar 2021, sem um SUS forte, diante dessa pandemia do Coronavírus”, ressaltou.

 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here