O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) denunciou mais um ataque do Governo Federal contra agricultores familiares e pequenos produtores rurais,  com  a nova ação da Secretaria do Tesouro Nacional que pede a suspensão dos pedidos de financiamento e contratação de créditos do Plano Safra 2020 e 2021.

“O BNDES já oficializou a suspensão que começou a valer  a partir do último dia 4 de maio. Essa é mais uma redução de orçamento que trará prejuízos para os pequenos produtores e para a Agricultura Familiar”, comentou o deputado.

Frei Anastácio lembra ainda que o orçamento sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, no mês passado, já havia sofrido corte de aproximadamente R$2,5 bi em subvenções para operações agrícolas e pecuárias.

“Estamos diante de uma grave decisão, pois ela não implicará apenas nas operações deste ano, mas também nas operações do ano de 2020 que já estão em andamento. É lamentável ver a tamanha falta de sensibilidade desse Governo”, comentou.

Desprezo 

O parlamentar ressaltou que quando se trata de agricultura  familiar e pequenos produtores, Bolsonaro mostra total desprezo. “Um dos exemplos disso, é  o veto que ele fez à Lei Assis Carvalho, que daria auxílio emergencial para esse setor e traria, entre outras coisas,  linhas de financiamento e refinanciamento de dívidas”, disse. 

Frei Anastácio lembrou que  “estamos lutando para aprovar uma nova edição da  Lei Assis Carvalho. Nossa bancada também  está empenhada em conseguir a elevação  do valor do  auxílio emergencial para R$600, até  quando  durar a pandemia”, afirmou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here