O deputado federal Frei Anastácio criticou o Governo Federal por ter excluído, só no ano de 2020, 1,2 milhão de pessoas que ficaram sem atendimento nas Farmácias Populares. “No governo golpista de Temer houve cortes e, desde que assumiu o governo, Bolsonaro vem reduzindo o número de Farmácias Populares, deixando cada vez mais gente sem acesso aos medicamentos mais baratos”, lamentou o deputado.

Frei Anastácio lembrou que o programa foi criado no governo Lula e ampliado na gestão de Dilma. “No governo Dilma, o programa chegou a atender 30,4 milhões de pessoas com até 90% de desconto na compra de remédios para tratar problemas como colesterol alto, osteoporose, doença de Parkinson, glaucoma, rinite e dislipidemia, contraceptivos, fraldas geriátricas, além de pessoas com doenças crônicas, a exemplo de diabetes, hipertensão e asma”, lembrou.

Redução em plena pandemia

 Frei Anastácio reforçou que a redução no número de unidades do programa foi anunciada pelo próprio Ministério da Saúde. “É um governo que avança a cada dia, na retirada de direitos e de benefícios para as pessoas mais pobres. O mais revoltante, é que essa redução aconteceu em plena pandemia. É um ato desumano”, disse.

  O deputado ressalta que Bolsonaro ataca o programa de farmácias, num momento em que o povo mais precisa ter acesso a  medicamentos com preços mais acessíveis. Realmente, é um governo que não gosta de pobre. Enquanto faz tudo para proteger empresários, banqueiros e o agronegócio, Bolsonaro retira de quem mais precisa”, afirmou.

O deputado acusa Bolsonaro de está acabando com tudo que proporciona algum benefício para a população carente. “É um governo destruidor de benefício para as pessoas pobres. No governo Dilma, o número de farmácias chegou à quantidade ideal para atender ao povo. Por onde a gente andava, existia Farmácia Popular com remédios para doenças crônicas, vendidos a preços baixos. Nesse governo Bolsonaro, por onde se anda é só miséria, morte e lamentação, preço de remédios altos, gasolina e botijão de gás subindo toda semana”, concluiu.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here