Frei Anastácio destaca importância de feiras agroecológicas na PB

1925337_598014983619824_196493799_nO deputado estadual Frei Anastácio (PT) destacou a importância das feiras agroecológicas que existem hoje na Paraíba, vendendo produtos sem nenhum tipo de produtos químicos. “O estado possui atualmente cerca de 40 feiras agroecológicas, que venderam este ano cerca de 200 toneladas de alimentos de boa qualidade e levaram uma nova opção de compra para a população”, disse o deputado.

O parlamentar fez a declaração durante confraternização das vinte famílias que realizam a feira agroecológica  no Ponto de Cem Réis, em João Pessoa. Segundo ele, só na feira do Ponto de Cem Réis, coordenada pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), as famílias venderam durante o ano, 72 toneladas de alimentos produzidos sem agrotóxicos.

Frei Anastácio destaca que a grande maioria das feiras é formada por famílias assentadas da reforma agrária. Mas, tem muitos agricultores familiares que se integraram ao projeto das feiras. “A confraternização da feira do Ponto de Cem Reis, por exemplo, foi realizada na granja Santa Clara, em Mumbaba, que pertence ao casal Vanildo Simões,médico veterinário, e Sueli Maria Machado, que é assistente social e tem curso sobre agroindústria. O casal produz por mês, cerca de 500 quilos de queijo, além de leite e manteiga, que são vendidos nas feiras agroecológicas. A produção sai de uma área de 3,5 hectares de terras”,disse o deputado.

O parlamentar destacou que as feiras são uma importante fonte de renda para as famílias que complementam suas rendas mensais. “Além disso, essas feiras trouxeram para as cidades produtos aos quais a população não tinha acesso. São frutas,verduras,legumes,raízes, sucos,ovos,carnes,comidas a exemplo de tapioca,canjica,pamonha,beiju,bolos, mel, entre outros produtos, que vêm direto da roça para o povo. São feiras que trazem saúde do campo para a cidade”, destacou o deputado.

Frei Anastácio lembrou que a primeira feira agroecológica foi criada, no bairro do Bessa, em João Pessoa, com ajuda do mandato dele. Depois disso, a ideia se expandiu e está aumentando ainda mais. “Para coroar essa ideia, o nosso mandato criou a Lei estadual 9.781/2012, que estabelece o Dia Estadual de Combate ao Uso de Agrotóxicos, comemorado no Dia de São José, 19 de março. E continuamos estimulando a criação de mais feiras no estado”, destacou.

Leia também