Frei Anastácio diz a ministro que o povo está pronto para protestar contra falta de ações de combate à seca

IMG_1475_1“Se o governo federal não adotar medidas emergenciais para diminuir os efeitos da seca na Paraíba, o povo vai sair às ruas em protesto. Irá fechar estradas e realizar manifestações para que o Brasil veja o estado de calamidade pública que se encontra o nosso estado, e eu estarei no meio do povo”.

Esse é um trecho do pronunciamento que o deputado estadual Frei Anastácio (PT) fez durante audiência que os representantes da Frente Parlamentar das Águas da Assembleia Legislativa manteve com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi,em Brasília, ontem (27).

A comissão foi composta por Frei Anastácio, Jeová Campos, Ricardo Barbosa, Tová Correia, Janduy Carneiro, Renato Gadelha, Galego de Sousa e Daniela Ribeiro. A comissão foi entregar o relatório elaborado pela frente, depois de visitas realizadas nas no Cariri, Sertão e Brejo. Também estavam presentes deputados federais, vereadores e 60 prefeitos da Paraíba.

Frei Anastácio deixou claro para o ministro, que o povo não suporta mais esperar. Ele também questionou a demora na conclusão das obras de transposição do rio São Francisco e a despoluição dos rios por onde a água vai chegar à Paraíba. O petista informou ao ministro que os rios do estado, que vão receber água própria para consumo humano, estão todos poluídos, ou assoreados, ou degradados pela ação do homem. Ele citou o exemplo de Monteiro, onde fica um dos eixos da transposição.

“O rio que irá receber a água, na região de Monteiro, também recebe esgotos de 16 cidades do cariri. Temos ainda a poluição dos rios Piranhas, rio do Peixe e Rio Mamanguape. A situação é tão grave que nosso mandato ajudou a formar um Fórum em defesa do Rio Paraíba, para lutar contra a poluição, a degradação pela retirada de areia e das matas. Mas, do poder público não existe nenhuma ação. Isso é grave”, lamentou o deputado.

O parlamentar disse que o ministro prometeu agilizar todas as reivindicações. O ministro também informou que já está disponibilizando R$ 18 milhões para o governo do estado utilizar em ações emergenciais  para suprir a falta de água. Garantiu também que as obras da transposição serão concluídas. O ministro  assegurou ainda recursos para manutenção dos 1.800 carros-pipa em 179 municípios da Paraíba e que esses veículos devem atender a cidade e o campo.

“Foi uma audiência onde não existiu a cor partidária. Tanto eu, quanto os demais deputados estávamos ali em defesa do povo da Paraíba. Vamos agora acompanhar e cobrar o cumprimento das promessas do ministro”, disse Frei Anastácio.

Leia também