Frei Anastácio diz que água da transposição chegará na Paraíba no primeiro semestre de 2017

O deputado estadual Frei anastácio (PT) disse, hoje (10), no plenário da Assembleia Legislativa, que a previsão dos engenheiros da transposição do Rios São Francisco é que a obra seja concluída no primeiro semestre de 2017. Com 83,4% concluída, o projeto levará água para cerca de 12 milhões de nordestinos. O deputado fez o pronunciamento relatando os resultados da caravana socioambiental dos bispos do Regional Nordeste 2 (CNBB NE 2), realizada na semana passada nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará e Pernambuco

“Estamos muito perto de receber as águas do Rio São Francisco e o governo está trabalhando com 12 mil homens para finalizar o restante e até na madrugada estão trabalhando”, informou o parlamentar.

Participaram da caravana os bispos Dom Jaime Vieira Rocha, arcebispo de Natal; Dom Mariano Manzana, bispo de Mossoró/RN; Dom Antônio Carlos, de Caicó/RN; Dom Gabriel Marchesi, de Floresta (PE); Dom José Luiz, de Pesqueira (PE); Dom Magnus Lopes, de Salgueiro (PE); Dom Antônio Tourinho, bispo auxiliar de Recife (PE); e Mons. Agripino Ferreira, de Cajazeiras (PB) além de vários religiosos. Integrantes do governo federal e das construtoras que estão executando a obra também deram suporte à caravana como o senhor Iranir Ramos, assessor especial do ministro da integração, Osvaldo Garcia, secretário nacional de recursos hídricos do ministério da integração que gentilmente esclareceu todas as perguntas sobre a Transposição, DNOCS, IBAMA com o superintendente Ancelmo Castilho além que equipes de técnicos responsáveis pelas obra.

No roteiro da visita pela Paraíba, a caravana verificou o açude Engenheiro Avídos, em Cajazeiras, que irá receber um canal da transposição. “ A partir de reivindicações da população e ajuste financeiro da empresa que está cuidando do eixo norte, juntamente com o ministério da integração pelo projeto de integração de bacias, o açude de Engenheiro Avídos receberá águas do Rio São Francisco”, destacou Frei Anastácio.

Ainda no percurso, a caravana visitou as  Vilas Produtivas Rurais (VPR) de Cacaré, em São José de Piranhas e de Retiro, em Penaforte no Ceará. São 18 VPR ao todo, já entregues com toda infra estrutura necessária como água, luz, escola, posto de saúde e centro comunitário. As vilas fazem parte de 38 projetos socioambientais da transposição, que corresponde a 12% do orçamento total. “Esse programa é para famílias que moravam na faixa da obra e que hoje tem casas muito bem construídas, com 99 metros quadrados, cinco mil metros quadrados em torno da casa e mais 5 hectares sendo um irrigado”, informou o parlamentar.

As visitas terminaram com a vistoria da Estação de Bombeamento (EBI1) que já está em funcionamento desde outubro de 2015. Com capacidade de bombear 12 m³ por segundo de água, tem o tamanho de um prédio de 12 andares. “É uma obra para todo nordestino e brasileiro se orgulhar, não só pela engenharia, mas também pela amplitude social”, frisou o Frei.

A preocupação do parlamentar e de outros integrantes da caravana é que aonde chegará as água do Rio São Francisco, há poluição e degradação das bacias hidrográficas. “Os rios da Paraíba estão sendo degradados por extração de areia, esgotos de todo tipo e sem matas ciliares. Ou começamos urgentemente a revitalizar os rios do nosso estado ou as águas do Rio São Francisco se tronarão inservíveis”, lamentou.

 Projetos Socioambientais click aqui

Leia também