O deputado federal Frei Anastácio disse, hoje (30), que Jair Bolsonaro, em plena pandemia, apesar de dizer que o Brasil está quebrado, escancarou os cofres públicos em busca de votos para tentar eleger os presidentes da Câmara e do Senado. “O governo só não tem dinheiro para o auxílio emergencial e para os programas sociais”, afirmou o deputado.

Frei Anastácio lembrou que o presidente da Câmara já denunciou que existe oferta do Planalto, em emendas  extraorçamentárias, que chegam a R$ 20 bi, para comprar deputados que não têm compromisso com o povo. “Agora, Bolsonaro, mais uma vez, derruba por terra toda sua promessa mentirosa de campanha de reduzir a máquina pública. Ele vai recriar mais três ministérios para pagar pelos votos do centrão, além da promessa de distribuição de muitos cargos no governo. “É o toma lá dá cá, que vem sendo feito desde que ele assumiu o governo”, disse.

Usa poder em proveito próprio

O congressista alerta que Bolsonaro está querendo mais uma blindagem protetiva com as eleições na Câmara e no Senado. “Ele já controla grande parte das Forças Armadas ( com mais de seis mil militares com cargos no governo, reajustes para oficiais de até 75%), Procuradoria Geral da República, a Polícia Federal, Ministério da Justiça, Advocacia Geral da União e parte agora para o controle da Câmara e do Senado, com a tentativa de eleger seus candidatos. Se ele conseguir  será mais um risco para a democracia”, alertou.

O deputado recorda que, desde que assumiu o governo, Bolsonaro trabalha de formas inescrupulosas para instrumentalizar os órgãos do Governo Federal na defesa dele, da família e dos aliados. “Isso por si só já é um crime, porque ele está usando o cargo público em proveito próprio. Isso, sem falar  nos outros crimes que ele vem cometendo, entre eles, o boicote ao enfrentamento à pandemia e às vacinas. O que posso dizer é que se o congresso cair nas mãos desse fascista, a nossa democracia estará cambaleando. Só com a mobilização popular poderemos mudar esse quadro. O povo tem que ir para as ruas, assim como aconteceu no último sábado. Neste domingo (31) é importante que a população ocupe as ruas novamente, em carreatas, para mostrar que a cura do Brasil é o impeachment de Bolsonaro”, concluiu.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here