O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) criticou o governo federal pela mudança de órgão na divulgação dos alertas sobre queimadas no Brasil, que deixam de ser feitos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e passam para o Instituto Nacional de Meteorologia. “Essa é mais uma manobra de Bolsonaro para controlar e esconder dados negativos, como ele sempre quis”, alertou o deputado.

Frei Anastácio lembrou que desde o início do governo, Bolsonaro vem questionando a divulgação de alertas sobre queimadas e desclassificando o trabalho que era feito há 30 anos pelo Inpe. “É mais uma boiada passando. Agora, só será divulgado o que o governo achar conveniente para ele. Isso é controle de informação, para esconder dados negativos sobre esse governo desastroso”, afirmou.

O parlamentar lembrou ainda que,  em 2019, quando o Inpe apontou aumento de desmatamento na Amazônia, o governo simplesmente exonerou o presidente do instituto, Ricardo Galvão. “Na época, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, chegou a dizer que havia alguém dentro do Inpe interessado em divulgar dados negativos. É uma política clara, nesse governo, de mentir para o povo e esconder dados para dizer que tudo segue bem. “Isso é vergonhoso e revoltante”, afirmou.

Morte de Tupã

O congressista relembrou ainda o caso do supercomputador Tupã, que teve verbas cortadas e pode deixar de funcionar a qualquer momento. O equipamento foi adquirido em 2010 por R$ 50 milhões. Quando foi adquirido, no governo do PT, tinha capacidade de realizar 258 trilhões de cálculos por segundo. Isso o colocava entre os 30 supercomputadores mais rápidos do planeta. 

“Tupã é o centro da previsão meteorológica do Brasil. Além de dados sobre o clima, ele prevê chuvas, secas e é um equipamento de extrema importância que também está sendo assassinado por Bolsonaro, com o corte de verbas para manutenção. O Brasil tem um governo genocida, destruidor, mentiroso e que esconde dados para manipular o povo. É um desastre”, afirmou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here