O deputado federal Frei Anastácio (PT) disse que a Câmara encerrou a semana com duas vitórias importantes para a democracia, com a derrota do Distritão, no projeto de reforma eleitoral, e a derrubada da proposta de Emenda à Constituição sobre o voto impresso.

 “Comunico à população que votei contra o Distritão e contra a PEC do voto impresso. O Distritão iria tornar as eleições elitizadas e o voto impresso representa um atraso. O Brasil não tem mais espaço para contagem de votos em mesas, sob os olhares dos coronéis da política. O voto impresso seria algo parecido, porque em caso de dúvida, o papel da impressora seria o válido para a contagem”, disse. 

Frei Anastácio afirmou que acredita na segurança das urnas eletrônicas. “Com elas, os eleitores me deram quatro mandatos de deputado estadual e o atual mandato de deputado federal. Defendo que haja mais modernização desse equipamento, mas nunca o cancelamento do seu uso, nem um voto impresso paralelo que era defendido apenas para atender os caprichos de Bolsonaro que  prepara o cenário para fazer confusão, quando perder as eleições em 2022”, disse.

Derrota do Distritão 

O parlamentar argumentou que a derrubada do Distritão também representa uma conquista importante para manutenção da representatividade nos parlamentos. “O Distritão iria acabar com os partidos pequenos e com as representações dos movimentos populares e sociais nos parlamentos. A renovação nas casas legislativas seria baixíssima”, afirmou.

 O congressista destaca que o Distritão  iria  eleger  apenas quem tem o poder econômico nas mãos e é extremamente criticado por cientistas políticos e pesquisadores do sistema eleitoral, que o classificam como o “pior modelo possível”. “Só os figurões da política teriam vez. O Distritão, que elegeria apenas os mais votados, iria ainda desconsiderar os votos dados aos que não fossem eleitos. Iria beneficiar o poder econômico e eleger apenas os figurões da política atual. Viva a democracia Brasileira”, disse.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here