O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) disse que, ontem (23), o Brasil viu a justiça ser completada, em favor do ex-presidente Lula, com o Supremo Tribunal Federal (STF) julgando o ex-juiz Sérgio Moro suspeito nos processos contra o ex-presidente. “Com essa decisão, o STF atestou que todas as condenações de Lula foram uma farsa montada pelo ex-juiz Sérgio Moro”, disse o deputado.

O deputado disse que o STF corrigiu um erro que o próprio tribunal foi induzido a cometer, influenciado por um juiz corrupto. “As falcatruas do ex-juiz Sérgio Moro foram denunciadas desde o início dos processos contra Lula. A decisão de ontem foi tomada tarde, é verdade. O que Moro queria, conseguiu, pois impediu que Lula fosse candidato, para que Bolsonaro fosse eleito. Lula era o franco favorito nas eleições de 2018. Toda farsa foi montada para impedir a candidatura dele”, relatou.

Frei Anastácio ressaltou que tudo foi muito claro. “Depois de conseguir tirar Lula da disputa e ajudar a eleger Bolsonaro, Moro foi nomeado ministro da Justiça. Foi a sua recompensa pela farsa montada. Isso depois do então juiz ter condenado Lula, confiscado os bens dele, causado terror ao ponto de contribuir até com a morte de dona Mariza, e deixar Lula, injustamente, 580 dias na cadeia”, disse.

Mesmo que tardia, segundo Frei Anastácio, a justiça foi feita. “Lula está livre e tudo que tinha contra ele foi anulado. Se não fosse toda essa farsa montada, o Brasil hoje seria outro. Seria um Brasil muito melhor, porque teria como presidente, Luiz Inácio Lula da Silva. Mas, a esperança renasceu. Uma nova primavera nos espera. Lula Livre, Fora Bolsonaro”.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here