de Gustavo Bezerra

“Total desprezo pela nação, falta de respeito para com os mortos e nenhuma solidariedade com as famílias que perderam seus entes queridos. Um atentado contra a dignidade humana”. Foi assim que reagiu o deputado federal Frei Anastácio (PT/PB), diante da declaração de Bolsonaro sobre aumento de mortes pela Covid/19 no Brasil. Ao ser questionado sobre o aumento de mortes pela Covid/19, no Brasil, Bolsonaro disse “E daí? Sou Messias, mas não faço milagres”.

O parlamentar disse que além de mostrar o total despreparo como presidente, Bolsonaro demonstrou os seus mais sinceros sentimentos para com a nação, ao dizer que não está nem aí para a situação. “Ele falou o que realmente sente na condição de presidente e como gente. Ele é um ser desprezível. Nem diante de uma situação alarmante como a que vivemos, com mais de cinco mil  mortes, até ontem (28), mostra qualquer sinal de humanidade, ou de civismo com a nação”, afirmou.

Frei Anastácio relata que desde o início da pandemia, Bolsonaro vem defendendo que haja contaminação e mortes no Brasil. “Ele repetiu em várias ocasiões, que é preciso acabar com o isolamento social para que o vírus chegue a 70% da população. Esse índice representa 140 milhões de brasileiros. Com a atual letalidade da Covid/19 teríamos, no Brasil, cerca de 12 milhões de mortes. É isso que o presidente quer. A verdadeira preocupação dele está mesmo em tentar blindar a corrupção da família e dos milicianos aliados”, afirmou o deputado. 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here