O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) disse que a situação do Brasil, com Bolsonaro no poder, piora a cada dia. “Como se não bastasse ignorar a pandemia, Bolsonaro chama o povo de “maricas” usando  uma forma preconceituosa para empurrar a população para morte. Mais uma falta de decoro parlamentar passível de impeachment. É mais do que hora do presidente da Câmara Federal desengavetar os mais de 50 pedidos de impeachment contra Bolsonaro”, disse o deputado.

Segundo o deputado, o presidente está, a cada dia, mais desequilibrado. “Uma prova disso, foi comemorar o fim dos testes da vacina contra o coronavírus – que logo depois foi revertido e ele teve que engolir em seco -, e a mais tresloucada manifestação dele foi proferir  ameaças de guerra aos Estados Unidos. Enquanto isso, a fome aumenta, a miséria corre a passos largos e o país despenca para a 12ª posição na economia mundial”, disse o deputado.

Segundo o deputado, o governo Bolsonaro que prometeu salvar a economia do Brasil com a Reforma da previdência, está afundando cada vez mais. “Paulo Guedes dizia que com a reforma da previdência, o Brasil teria mais emprego e dinheiro para obras. A reforma foi feita, o trabalhador está sendo sacrificado,  muitos jamais terão uma aposentadoria e a economia só faz afundar”, ressaltou.

O parlamentar destacou que o Fundo Monetário Internacional (FMI) já anunciou que o Brasil vai cair para a 12ª economia do mundo, este ano. “É verdade que a pandemia contribuiu para isso, mas o país já vinha afundando, cada vez mais, desde que Bolsonaro assumiu o governo. E mesmo diante de um desastre desse, ele ocupa seu tempo nas entrevistas para chamar jornalistas de “urubus”, desprezar a ciência e fazer declarações que levam o Brasil negativamente para as primeiras páginas de jornais do mundo inteiro. O pior é que a equipe do governo não tem plano para recuperação do Brasil e da economia”, afirmou.

Com o PT, Brasil tinha economia forte

Frei Anastácio lembrou ainda que em 2011, no governo da então presidente Dilma Rousseff, o Brasil chegou ao sexto lugar entre as maiores economias do mundo. “Após o golpe que tirou Dilma do poder, a economia despencou. No ano passado estava em nono lugar. Com Bolsonaro no poder vai despencar para o 12º lugar. O pior de tudo é que temos um presidente que usa a mídia e as redes sociais simplesmente para pregar o ódio. Não dá mais. Fora Bolsonaro. É hora do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, desengavetar as dezenas de pedidos de impeachment contra esse presidente fascista”, afirmou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here