WhatsApp Image 2019-11-12 at 14.31.08

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) disse, hoje (19), que Bolsonaro deferiu mais um ataque contra os mais pobres, com a edição da Medida Provisória 905, que extingue o Serviço Social no INSS. “Ele simplesmente está acabando com um serviço que é garantido na Lei 8.213, de 1991 e atinge diretamente os mais pobres”, disse.

O deputado destaca que apesar de ser assegurado pela Lei de 1991, o Serviço Social na Previdência já existe há mais de 90 anos. “Em todo o país, mais de 1.400 assistentes sociais prestam serviços nas agências do INSS. Eles fazem, em média, 1,3 milhão de atendimentos, por ano, à população. É mais um absurdo que esse governo comete contra a população e contra os profissionais que exercem essa função”, disse.

Golpe nos mais pobres

Frei Anastácio relata que os atingidos com essa medida, são aquelas pessoas que não podem pagar um advogado e vão buscar informações e amparo sobre seus direitos previdenciários no INSS. “O governo deveria, sim, aumentar esse tipo de atendimento, já que retirou tantos direitos com a Reforma da Previdência. Mas, ele não está preocupado com o povo mais pobre”, assegurou.

O parlamentar disse que está solidário com todos os profissionais que prestam assistência social no INSS, por esse ataque sofrido em sua função, que é de extrema importância. “Deixo também o meu apoio a toda população atingida por mais esse golpe baixo do governo Bolsonaro. Não irei me calar diante de tantas atrocidades cometidas contra profissionais e contra o povo”, garantiu.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!