inbound1416162914322890968

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) lamentou mais um ataque de Bolsonaro que prejudica a formação dos jovens do campo e dos Quilombolas, no Brasil. “Essa medida é mais um ataque covarde do Governo Bolsonaro aos movimentos populares  aos trabalhadores e à população do campo”, afirmou Frei Anastácio.

O golpe foi dado com a publicação do decreto nº 20.252 de 20 de fevereiro, deste ano, que reorganiza a estrutura do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). “Entre outras coisas, esse ataque resulta no fim do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA)”, lamentou o deputado.

PRONERA no Brasil

De acordo com o parlamentar, o PRONERA foi criado em 1998. O programa é responsável pela formação de cerca de 9 mil alunos que concluíram seu ensino médio. Outros  5.347 estudantes  foram graduados no ensino superior, em convênio com universidades públicas; 1.765 desses estudantes, hoje, são  especialistas e 1.527 são alunos na Residência Agrária Nacional.

O PRONERA comemorou seu último aniversário, de 21 anos de criação, em 2019. Ao todo, o programa beneficiou mais de 186 mil alunos nas modalidades da EJA, ensino médio técnico, superior e pós-graduação, em mais de mil municípios do país. Nesse período, foram ofertados 499 cursos, em parceria com 94 instituições de ensino

“A quase totalidade desses formados voltaram para sua terra com objetivo de prestar assistência em assentamentos da Reforma Agrária, ou na agricultura familiar. O PRONERA era o caminho do saber para a população rural. Mas, Bolsonaro arrancou esse sonho de muitas pessoas com a extinção do programa”, afirmou.

“Cada vez temos mais certeza que Bolsonaro age de má fé ao cortar programas que beneficiam a população do campo. O projeto político do presidente é estancar todas as lutas e conquistas que temos avançado ao longo dos anos. Mas nós continuaremos resistindo”, concluiu Frei Anastácio.

PRONERA na Paraíba

PRONERA 2016
Comemoração dos 18 anos do Pronera (2016), numa audiência pública, na Assembleia Legislativa/PB, de autoria do então deputado estadual Frei Anastácio.

Na Paraíba, o PRONERA iniciou suas atividades em 1999 e  formou quase 4 mil  alunos em 27 cursos de EJA, nas modalidades de alfabetização e escolarização dos anos iniciais; cursos técnicos profissionalizantes nas áreas de Agropecuária, Zootecnia, Agroindústria e Enfermagem; cursos normais de nível médio (Magistério); cursos de graduação – Licenciatura em História, Ciências Agrárias e Pedagogia; e cursos de pós-graduação em Residência Agrária.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here