FRE NAS COMISSÕES

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) lamentou o anúncio sobre o fim do Programa Minha Casa Minha Vida, feito pelo Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, em reunião com movimentos nacionais e urbanos de moradia, quinta-feira (31), em Brasília.

“O ministro foi claro ao anunciar aos movimentos que não haverá novas contratações para habitação popular este ano, e que o programa Minha Casa Minha Vida será extinto. Ou seja, o sonho que milhares de brasileiros ainda alimentavam, para este ano, virou pesadelo. É mais um golpe desse governo na população, principalmente, contra as famílias mais carentes”, lamentou o deputado.

De acordo com uma nota publicada pelos movimentos que participaram da reunião, o governo lançará até o final do ano um novo programa, mas com outro formato, na modalidade de voucher, apenas para pequenos municípios e ainda sem metas previstas.

“O problema de moradia no país é devastador, principalmente nos grandes centros urbanos, justamente onde Bolsonaro pretende excluir os programas de moradia popular. Isto só aumentará a marginalização das famílias de baixa renda do país”, disse Frei Anastácio. 

Ainda de acordo com a nota, mesmo os projetos já contratados e em andamento seguirão com atrasos nos pagamentos. Com recursos contingenciados, as liberações são insuficientes para pagar as dívidas que se acumulam no Ministério de Desenvolvimento Regional. 

“O desmonte no Governo Bolsonaro não vai ter um fim, é preciso mobilização para que os brasileiros e brasileiras não percam os direitos que foram conquistados com tanto suor e que ainda restam”, concluiu o parlamentar. 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!