IMG-20200404-WA0015

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) criticou o Governo Federal por ter deixado o governo do estado da Paraíba com o menor valor de investimento para combater o Coronavírus, na região Nordeste.

“Foi destinada a quantia de apenas R$ 11,9 milhões para o executivo estadual. É preciso que o governo reveja os critérios e destine mais dinheiro para nosso estado”, disse o deputado.

Frei Anastácio citou um levantamento feito pelo Site G1, que mostrou como o governo federal não deu atenção à Paraíba, ou simplesmente usou o critério da retaliação ao governador do Estado. “O levantamento mostra que 47 cidades da Paraíba receberão apenas um salário mínimo para combater o Coronavírus. O restante, muito menos que isso. Tem cidade que ficará com R$ 28,04. Exceto João Pessoa e Campina Grande, que terão ajuda maior que a do governo do estado”, relatou.

O parlamentar relata que João Pessoa terá R$ 25 milhões, e Campina Grande ficará com R$ 12,5 milhões. Já o Governo da Paraíba terá a destinação de uma quantia menor que a disponibilizada para as duas cidades, R$ 11,9 milhões.

“De acordo com o boletim do Ministério da Saúde mais recente, publicado no dia 11 de abril, a Paraíba aparece como o sexto estado do Nordeste com mais casos de pessoas contaminadas pelo coronavírus. Sendo assim, fica a pergunta: por quê os recursos não foram destinados de acordo com o número de casos confirmados?”, questionou o deputado.

Segundo Frei Anastácio, o mesmo boletim do Ministério da Saúde aponta Piauí como o estado nordestino com menos casos confirmados no ranking.

“A Paraíba tem o dobro de casos daquele estado. Mas, o Piauí recebeu R$ 7 milhões a mais que a Paraíba. Sinceramente, não dá pra entender. O que parece é que os recursos estão sendo destinados sem o devido estudo”, lamentou.

De acordo com Frei Anastácio, essa não foi a única incoerência da verba recebida pelos estados, outro exemplo dado pelo deputado é que o Ceará é o estado com mais casos confirmados, mas foi o terceiro estado a receber mais verbas.

“Bolsonaro e sua equipe precisam rever a destinação dessas verbas com urgência. Se não, isso poderá levar os estados com mais casos confirmados a entrar em um colapso na área da saúde por verbas mal destinadas”, concluiu o parlamentar.

Veja abaixo quanto cada estado nordestino vai receber:
1. Bahia – R$ 114 milhões
2. Pernambuco – R$ 107 milhões
3. Ceará – R$ 39 milhões
4. Maranhão – R$ 27 milhões
5. Sergipe – R$ 24 milhões
6. Piauí – R$ 19 milhões
7. Rio Grande do Norte – R$ 19 milhões
8. Alagoas – R$ 16 milhões
9. Paraíba – R$ 11,9 milhões

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!