IMG-20190220-WA0014

O deputado federal Frei Anastácio (PT) se solidarizou, hoje (20), com a classe trabalhadora feminina brasileira pelo ataque promovido pelo Governo Federal na proposta de reforma da Previdência, que eleva a idade de aposentadoria para 62 anos. “Isso representa um aumento de sete anos para as mulheres e apenas três para os homens”, disse o deputado.

Segundo Frei Anastácio, não se sabe quais os critérios usados pelo governo na proposta, para elevar tanto a idade de aposentadoria, sobretudo, para as mulheres. “A mulher brasileira, em sua maioria, tem uma jornada de trabalho muito maior do que a dos homens. Além de trabalhar fora, a mulher ainda tem outra jornada em casa em casa. A proposta de reforma, que é um absurdo, comete uma injustiça ainda maior contra as mulheres e massacra toda a classe trabalhadora”, afirmou.

Mobilização popular

Frei Anastácio disse que a população brasileira tem que se mobilizar, ir às ruas e ao Congresso Nacional pressionar os parlamentares para evitar que a reforma, como está seja aprovada. “Essa proposta de reforma representa o fim da aposentadoria pública, um massacre ao trabalhador urbano, ao homem e a mulher do campo. Da forma como está eu não aprovo nem uma letra do que está escrito”, disse o deputado.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!