IMG-20200507-WA0065

 

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) é coautor do Projeto de Lei 2.508/2020, que foi aprovado pela Câmara Federal, ontem (2), determinando prioridade no recebimento do auxílio emergencial para mulheres que são chefe de família.

“Há muitos casos de mulheres que estavam tendo o auxílio emergencial negado, mesmo tendo a guarda dos filhos, porque os ex-cônjuges estavam fraudando informações no aplicativo da Caixa para receber o auxílio em dobro”, comentou o deputado.

Frei Anastácio explica que o objetivo da Lei é evitar essas situações e mesmo em casos de dúvida sobre a guarda dos filhos, a mulher sempre terá a prioridade, até que seja provado que a guarda é mesmo do homem. 

“Apresentamos esse PL baseado em dados, de que apenas 3,6% das famílias tem a configuração familiar de um homem com filho e sem cônjuge. Enquanto 80% das crianças no Brasil têm a mulher como primeira responsável. Então, nada mais justo e coerente que elas tenham essa prioridade no auxílio emergencial”, justificou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here