O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) assinou coautoria do Projeto de Lei 4968/2019, aprovado na Câmara, ontem (26), que beneficia mais de seis milhões de mulheres com a distribuição de absorventes higiênicos nas escolas públicas, sistema prisional e em situação de rua. O projeto foi apresentado por Marília Arraes (PT/PE) e incorporou outras proposituras semelhantes. A propositura será votada agora no Senado e depois encaminhada para sanção presidencial. 

“Nosso objetivo é combater o que chamamos de pobreza menstrual, que ocorre quando meninas não têm dinheiro para comprar absorventes. Esse problema afeta milhares de jovens e compromete seu desempenho escolar, já que nesse período elas deixam de ir à escola, além de mulheres em situação de rua e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas”, explica Frei Anastácio.

O PL justifica que “a falta de acesso a produtos de higiene para lidar com o período menstrual traz enormes riscos à saúde dessas jovens, muitas vezes em virtude das soluções precárias e insalubres a que recorrem. Ademais, na falta de absorventes higiênicos, muitas perdem dias letivos, chegando a abandonar os estudos por constrangimentos vividos.

De acordo com o PL, a distribuição será feita por meio de máquinas de reposição instaladas nos banheiros das escolas públicas. “Já existe prática semelhante no Rio de Janeiro, e devido aos resultados positivos dessa política, entendemos que é hora de levar esse projeto adiante para todo o país”, disse o deputado.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here