IMG-20191207-WA0002

 

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) destacou, na tribuna da Câmara, a preocupação dos servidores públicos, que estão preocupados com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), enviada ao Congresso por Bolsonaro, que propõe corte de até 25% nos salários dos servidores e redução de jornada de trabalho e proíbe reajustes.

“Essa PEC é mais uma maldade do governo e faz parte do ‘pacote de medidas econômicas do governo’, com a promessa de repassar até R$ 500 bilhões aos municípios. Na verdade, além de prejudicar os servidores públicos, o governo ainda tem outra intenção maléfica”, disse Frei Anastácio.

De acordo com o parlamentar, o governo quer desvincular as verbas da Saúde, da Educação e da Segurança Pública. Com isso, ele desobriga a União de assegurar estes direitos fundamentais aos cidadãos, repassando esta obrigação constitucional para os prefeitos e governadores.

“Para os servidores públicos, essa PEC proíbe reajustes salariais e autoriza a redução de salários ou subsídios, com a consequente alteração na jornada de trabalho. Essa PEC é mais um ataque covarde que o governo Bolsonaro arquiteta contra trabalhadores. Desta vez, o alvo são os servidores públicos. Deixo aqui o meu protesto e total apoio aos servidores públicos”, garantiu o congressista.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here