Um presente de Natal especial. Foi assim que as 400 famílias despejadas da comunidade Dubai, em João Pessoa, receberam a doação de quatro toneladas de alimentos doadas por assentados da Reforma Agrária, a partir de solicitação do deputado federal Frei Anastácio junto à Comissão Pastoral da Terra (CPT-João Pessoa). 

“Eu aproveito o momento para desejar um feliz Natal a essas famílias despejadas e a toda população paraibana. Esperamos que em 2022 possamos nos abraçar e ter motivos para comemorar. Que o nascimento de Jesus sirva de exemplo de renovação para as nossas vidas e de fortalecimento da nossa fé, esperança e paz para a humanidade”, declarou.

Os alimentos que vieram de quatro assentamentos, em um caminhão, foram recebidos com muita alegria. A carga foi composta por muitos itens, a exemplo de inhame, batata-doce, manga, laranja, banana, mamão, alface, coentro, coco, melancia, abóbora, jaca. “Eu parabenizo a CPT e aos assentados que fizeram esse ato de humanidade, ao realizarem essa doação”, disse o deputado.

Para Rilva, representante das famílias despejadas, o Natal para todos eles será com muita fartura. “Havia a promessa de 400 cestas básicas para nós. Mas, foi só promessa. Se não fosse essa doação de alimentos nosso Natal seria diferente. Muito obrigado ao deputado Frei Anastácio. Ele tem nos ajudado muito e acompanhado todo nosso movimento. Esses alimentos foram anunciados na noite passada, e hoje já chegaram. Muito obrigado Frei Anastácio pela sua atenção”, disse o representante das famílias.

Resultado da luta pela terra

Frei Anastácio destacou que essa e muitas outras doações que a CPT vem fazendo, durante a pandemia, mostra os resultados positivos da luta pela terra na Paraíba. “Eu me sinto parte de tudo isso, porque estive presente em toda essa luta dos trabalhadores por terra e na terra”, afirmou.

O parlamentar disse ainda esperar que a Prefeitura de João Pessoa cumpra o acordo que foi feito com as famílias. “Depois do despejo cruel e ilegal, a Prefeitura tem o dever de cumprir tudo que colocou no TAC – Termo de Ajustamento de Conduta. Estamos vigilantes na promessa de construção de 368 apartamentos e a garantia de auxílio aluguel, até que as moradias sejam entregues”, alertou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here