40195881923_93bfd8deac_o

Os mandatos do deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) e o do deputado Federal João Daniel (PT/SE) realizam audiência pública, na próxima terça-feira (6), às 14h, no plenário 8 do anexo II da Câmara Federal, para debater a privatização da Eletrobrás e seus efeitos sobre o uso múltiplo das águas na Região Nordeste, especialmente na Bacia do Rio São Francisco.

A Audiência Pública será conjunta com a Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia – CINDRA. Além da privatização, a audiência debaterá as repercussões relativas ao desenvolvimento sustentável.

Entre os convidados para a audiência estão representantes do Ministério do Meio Ambiente, do Operador Nacional do Sistema Elétrico – NOS; Vicente Andreu, ex-diretor da ANA; representante da Associação de Promotores de Cultura e Cidadania – PROVIDA; representante do Coletivo Nacional dos Eletricitários.

Potencial hídrico

 O Brasil ainda é um país privilegiado com relação à disponibilidade de água doce, uma vez que 14% das reservas mundiais desse recurso estão no território brasileiro.

Com aproximadamente 640 mil km², a Bacia do Rio São Francisco passa pelos estados de Minas Gerais, Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco, sendo a principal fonte de água doce da Região Nordeste. Um rio fundamental para a produção de energia hidrelétrica, tendo a CHESF como produtora e distribuidora do sistema.

“O risco da privatização da Eletrobrás e da CHESF, por conseguinte, é o de a gestão de todo esse recurso passar para uma empresa privada venha a ditar regras sobre o uso para geração de energia, priorizando a geração de energia em detrimento dos demais usos”, disse o deputado.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!