Frei Anastácio elogia governo pela conclusão da barragem de Camará

Foto boa

O deputado estadual Frei Anastácio, membro da Frente Parlamentar das Águas da Assembleia Legislativa, visitou as obras de reconstrução da barragem de Camará, em Alagoa Nova, e elogiou o governador do estado, Ricardo Coutinho, por ter começado e concluído a obra que é a solução para matar a sede de mais de 170 mil pessoas na região do Brejo.

 O parlamentar disse que saiu da visita com a certeza de que o manancial poderá mesmo ser inaugurado dentro de três meses pelo governador do estado. “A obra, feita com muita qualidade, já está em fase de acabamento”, afirmou o deputado.

Frei Anastácio revelou que o engenheiro Eudes Pedrosa, que está respondendo pelas obras, informou que a barragem está praticamente pronta. Até os equipamentos e máquinas usados na construção já estão sendo retirados do local. “É uma obra magnífica que tem uma parede de 52 metros de altura em concreto e ferro, com iluminação moderna, que não oferece mais risco de arrombar como aconteceu com a antiga estrutura, em 2004”, afirmou o parlamentar.

13615394_1047522288669089_1170054981702239848_n

Localidades beneficiadas

De acordo com Frei Anastácio, na realidade, faltam poucos detalhes para a obra ser concluída. “Um investimento que garantirá o abastecimento de água a mais de 170 mil moradores de 21 localidades dos municípios de Alagoa Nova, São Sebastião de Lagoa de Roça, Matinhas, Puxinanã, Remígio, Pocinhos, Lagoa Seca, Esperança, além de distritos da região como São Tomé, Campinote, Cepilho, dentre outras comunidades”, ressaltou o deputado.

Segundo o deputado, a barragem que tem capacidade total de 26 milhões de metros cúbico, já está com uma boa quantidade de água acumulada. Ele afirma que a água que está armazenada, já representa uma esperança de que o problema de abastecimento na região será solucionado.

13615113_1047522262002425_4198978530650893698_n (2)

 “Depois que a barragem se rompeu, a população da região passou a sofrer muito, principalmente municípios de maior porte como Esperança onde a população está tendo que comprar água para não passar sede. Agora, onze anos depois, estamos prestes a ver o manancial funcionando novamente. Só vai depender da chuva para encher e acabar de vez com as dificuldades da região”,ressaltou.

A barragem de Camará foi inaugurada no governo de José maranhão, em 2002, e se rompeu na gestão de Cássio Cunha Lima na noite de 17 de junho de 2004. Após o rompimento, as águas inundaram parte dos municípios de Alagoa Grande, Mulungu, Alagoa Nova. A tragédia ocasionou a morte de cinco pessoas e deixou cerca de três mil desabrigados. Onze dias depois, a barragem sofreu outro desmoronamento.

Leia também