Frei Anastácio elogia protesto de policiais contra reforma da Previdência

O deputado estadual Frei Anastácio (PT) elogiou o protesto realizado ontem (18), em Brasília, pelos policiais civis, rodoviários e federais de vários Estados e do Distrito Federal contra a proposta de Reforma da Previdência do governo federal. “Isso que os policiais fizeram ontem é um exemplo para o resto da população brasileira, que deveria está mais mobilizada contra essa reforma da ‘morte’, disse o deputado.

Frei Anastácio relatou que um dos pontos levantados pelos policiais é que com a reforma, as corporações terão policiais mais velhos trabalhando nas ruas, sem poder se aposentar e ainda sem a gratificação de risco de vida. “No texto apresentado ontem, o governo golpista já deu uma recuada e está propondo não atingir os trabalhadores rurais e fixar quarenta anos de contribuição, e não 49 para aposentadoria integral. Isso já é reflexo de medo do povo. Eles sabem que o povo irá fazer sua ‘operação lava jato’ em 2018, através do voto”. Tenho certeza de que esses corruptos irão derramar muito dinheiro para tentar comprar votos. Mas, a grande maioria do povo irá resistir e derrotar os corruptos nas urnas. Será uma lava jato no voto”, disse.

Nesta quarta-feira, será apresentado o esboço do texto da reforma da previdência, com as modificações. Segundo informações do governo golpista, houve mudanças de 30 por cento do texto original. “Isso é muito pouco. O povo precisa reagir para que esse texto maldito não seja aprovado”, ressaltou.

Papa recusa visita ao Brasil

Papa-FranciscoO parlamentar destacou ainda o governo com suas propostas que só atingem o povo é tão ruim, que até o papa que tem um bom coração recusou a vir ao Brasil, para os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. “É um governo que está crucificando o povo brasileiro, com a retirada de direitos e conquistas. O Papa mandou até uma carta com recomendações para esse governo desastroso”, afirmou.

O Papa também foi claro ao dizer que “não se pode confiar nas forças cegas e na mão invisível do mercado”. “Na verdade, como acabamos de sair da semana santa, podemos até fazer uma comparação com o que fizeram com Jesus e as ações desse governo golpista. Assim como mataram Jesus e colocaram entre dois ladrões, estamos vendo o povo brasileiro sendo crucificado, entre duas corjas de ladrões, que estão na Câmara e no Senado, com raras exceções. Essas duas corjas, comandadas pelo enviado de Satanás, que é Temer, crucificam a cada dia o povo desse país, surrupiando os direitos e acabando com programas sociais”, argumentou.

De acordo com Frei Anastácio, assim como José de Arimatéia e Nicodemos retiraram o corpo de Jesus da cruz, o povo brasileiro tem que refletir para retirar a nação dessa crucificação. “Assim como teve o algoz de Jesus, que o levou a morte, aqui no Brasil esse algoz é o presidente golpista Temer, que crucifica o povo brasileiro a cada dia”, afirmou o petista.

Leia também