Frei Anastácio faz apelo ao governador para combate à violência no Brejo

IMG_1475_1O deputado estadual Frei Anastácio (PT) está enviando apelo ao governador do estado solicitando providência concretas para resolver a situação de insegurança na região do Brejo. “A violência está provocando duas reações nada agradáveis que são o êxodo rural e o toque de colher  aos comerciantes, nas cidades, que temem os assaltos, ao cair da noite”, disse o deputado.

Frei Anastácio relata que, as zonas rurais de Pocinhos, Areial, Alagoa Nova, Esperança, Pilões, Areia, Serraria, Arara e Borborema são as mais atingidas pela violência. “As denúncias que chegaram ao meu conhecimento são de que os bandidos são tão organizados que possuem informantes em cada localidade”, disse o deputado.

O petista relembrou que na semana passada levou esse fato para o conhecimento da população, na Assembleia Legislativa, e a notícia teve muita repercussão nas redes sociais e nas cidades atingidas pela violência.

“Outra informação que temos é que a população do campo, temendo perder a vida, já está partindo para o estremo de se armar para enfrentar a bandidagem. Por isso, estamos fazendo esse apelo ao governador do estado, no sentido de que sejam realizadas ações de segurança, principalmente, nesses municípios onde a situação é mais grave”, argumentou o deputado.

 O petista disse ainda que, diante do quadro de medo que toma conta da população, as pessoas estão deixando até de prestar queixa nas delegacias. “O povo sabe que a polícia prende os bandidos e logo eles são soltos. Temendo represália, a grande maioria não vai às delegacias prestar boletim de ocorrência”, destacou. “O principal alvo dos ladrões são os idosos, que estão se mudando para as cidades e deixando seus pertences para trás”, lamentou. De acordo com o deputado, na zona urbana, muitos comerciantes estão fechando os estabelecimentos mais cedo, com medo dos assaltos. A grande maioria fecha as portas às 17h”, destacou.

Leia também