IMG-20190828-WA0182

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) parabenizou a assentada da reforma agrária, Iolanda de Oliveira Monteiro, de 46 anos, do assentamento Capim de Cheiro, do município de Caaporã, por ter sido reconhecida através dos prêmios do Banco do Nordeste nas categorias Microcrédito e Agricultura Familiar.

A assentada teve o reconhecimento de dois projetos, em solenidade no dia 28 de agosto, escolhidos entre mais de 160 concorrentes em toda a Paraíba: um relacionado à produção de bolos, pães, biscoitos, entre outros produtos, através de sua unidade de beneficiamento, com matéria prima vinda de sua própria produção no assentamento e o outro relacionado à instalação de energia solar em sua casa e unidade em que trabalha com seus 4 filhos.
“Esses prêmios são de extrema importância, tanto para os premiados como para a sociedade civil, pois é uma das formas de mostrarmos os bons resultados que a agricultura familiar promove. São projetos como esse de Iolanda que nos fazem continuar acreditando e lutando pela reforma agrária”, disse Frei Anastácio.
O projeto da Unidade de Beneficiamento foi apresentado em 2015 e instalado em 2016. Já o projeto da energia solar foi apresentado há cerca de oito meses e instalado há três meses na casa e na unidade de trabalho de Iolanda, mas já é possível ver os resultados, segundo a assentada.

IMG-20190902-WA0001
“A partir da instalação das placas renováveis, utilizo energia solar e pago apenas a taxa da Energisa, em média 2% do valor que eu costumava pagar”, disse Iolanda de Oliveira.
De acordo com ela, esses prêmios servem como divulgação de seu trabalho e como forma de incentivo a outros camponeses que podem se utilizar da mesma estratégia. “70% do que colho em minha unidade, a exemplo de milho, macaxeira e frutas, é usado para a produção dos alimentos que vendo em três feiras da agricultura familiar, uma em Caaporã e duas em João Pessoa. Fico muito feliz de ter recebido esse reconhecimento”, concluiu Iolanda.
Além de parabenizar Iolanda Oliveira, Frei Anastácio falou da importância da sociedade consumir produtos provenientes da agricultura familiar. “Ao consumir um produto em feiras agroecológicas, ganhamos em dobro: evitamos consumir alimentos com agrotóxicos e ainda incentivamos o pequeno produtor e projetos tão importantes como esse de Iolanda”, disse Frei Anastácio.
O Banco do Nordeste apoiou o empreendimento da assentada através do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), que investiu em toda a estrutura da cozinha, onde hoje ela trabalha.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!