O deputado federal Frei Anastácio, durante sessão na Câmara, manifestou os parabéns ao curso de Direito do campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), em Sousa, pelos 50 anos de criação, que serão comemorados no dia 1º de maio. “Meus parabéns a todo corpo docente e discente, que fazem parte dessa história de respeito e muito sucesso”, disse o deputado.

Desde sua fundação, em 1971, até hoje, mais de seis mil alunos se formaram na faculdade de Direito do Campus da UFCG, em Sousa. “A Faculdade é uma instituição respeitada e que merece todo nosso reconhecimento. A sua reputação se espelha na oportunidade de estudo que dá, sobretudo, ao povo sertanejo, e no sucesso de muitos profissionais com papel de destaque nacional e regional”, lembrou.

Frei Anastácio disse ainda que a Faculdade de Direito se consagrou como um importante centro educacional no sertão paraibano e atrai estudantes de vários outros estados do Nordeste. “O reconhecimento do curso de Direito, motiva pessoas de vários estados a morar em Sousa. Isso também contribui muito  para o fortalecimento da economia no município”, destacou.

O parlamentar enfatizou que como deputado federal, está pronto para ajudar a fortalecer a Faculdade de Direito, assim como o Campus da UFCG de Sousa. “Portanto, deixo aqui os meus parabéns pelos 50 anos do curso de direito da UFCG, em Sousa. A todos e todas que contribuem e contribuíram para essa história de sucesso, meus parabéns e longa vida acadêmica para essa instituição”, afirmou.

Alguns dos destaques com passagem na Faculdade

Misael Fernandes. Médico Legista da Paraíba e gestor da maior clínica médica do sertão paraibano. Maria Luiza Pereira de Alencar. Foi Pró-reitora de pós-graduação da UFPB até 2020. Jeová Campos: Cajazeirense, advogado militante, deputado estadual (PSB) da Paraíba e professor na faculdade homenageada. 

Fredys Orlando Sorto: doutor pela USP. Atualmente, professor do doutorado de direito da UFPB. A promotora de justiça do RN, Patrícia Antunes Martins,  que foi destaque  no combate ao nepotismo. Ela protagonizou a discussão em torno desse assunto que ganhou notoriedade no STF em 2008. 

Também foi aluna da Faculdade de Direito de Sousa, a Juíza, em Belém, no Maranhão, Josineide Pamplona, cujos trabalhos engrandecem a magistratura nacional, na área da justiça restaurativa. Outro destaque é o ex-deputado federal Inaldo Leitão, que também foi dirigente da faculdade, nos anos 80, e deixou marcas de avanço administrativos na sua gestão. 

Outro que passou pela Faculdade foi o  piancoense Jailton Macena. Ele foi professor assistente. Hoje é docente do mestrado e doutorado da UFPB e exímio pesquisador do direito humano ao trabalho no Brasil. Tem ainda, entre muitos outros, o professor Dr. Eduardo Pordeus. Ele é pesquisador em Direitos humanos e artista plástico no sertão.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here